Nacional, campeão uruguaio! Campeão, mesmo?

É campeão! É campeão? facebook.com/nacional

O Nacional ganhou o torneio Apertura do futebol uruguaio. Na semana passada, o Peñarol, faturou o Clausura. Então, os dois rivais se classificaram para disputar o título de campeão uruguaio. O clássico deste domingo no centenário era considerado “semifinal” para o Peñarol, porque os carboneros precisavam verncer hoje para forçar mais dois jogos, já que os bolsilludos, tinham também a melhor campanha (além do título do Apertura). Mas para o pessoal dos bolsos no lado esquerdo da camisa teve gosto de final. Dramática!

O tricolor uruguaio saiu na frente. Sebastián Fernandez, Iván Alonso. O time aurinegro – com um a menos – conseguiu empatar no finalzinho do segundo tempo. Duas vezes Luis Aguiar. Prorrogação. O veterano Recoba entrou em campo. Bateu falta com perigo. Deu assistência para o terceiro gol do Nacional. Perdeu o pênalti que seria o quarto gol. Mas o juiz botou na súmula que a partida foi interrompida faltando sete minutos pra acabar a prorrogação.

O Nacional levantou taça e botou medalhas no peito. O Peñarol quer jogar os sete minutos finais. O Tapetão decide: Nacional campeão ou o clássico continua?

É campeão! É campeão? facebook.com/Nacional
É campeão! É campeão?
facebook.com/Nacional

Continuar lendo “Nacional, campeão uruguaio! Campeão, mesmo?”

Novo uniforme 2 do Nacional lembra a primeira camiseta do #Decano do futebol uruguaio.

Novo uniforme 2 do Nacional lembra a primeira camiseta do #Decano do futebol uruguaio.

No finzinho de outubro de 2014, o Nacional de Montevidéu e a Umbro apresentaram o novo uniforme 2 do Decano do futebol uruguaio, o “away kit”, usado fora de casa . E como explica o texto no site do tricolor uruguaio, era vermelha a primeira camisa do Club Nacional de Football, entre 1899, ano da fundação, e 1902.

Veja neste link aqui a evolução da camisa do Nacional.

Só em 1902, apareceu a camisa branca, com um bolso, que rendeu um dos apelidos do clube: bolso, bolsillo, bolsilludo. E passou a ser a camisa titular. Esse uniforme com o #bolsillo já tinha sido resgatado na temporada 2014 pela empresa fabricante, que veste o Nacional pela terceira vez desde meados dos anos 1990 (veja no post anterior).

Mas talvez a camiseta mais bonita e curiosa, especialmente para os fãs da Celeste Olímpica como eu, foi a primeira da trilogia, lançada pela Umbro em setembro de 2013, que fez uma homenagem aos 110 anos da primeira vitória da seleção uruguaia. Em 1903, uma Celeste formada por jogadores do Nacional. Esse uniforme retrô em homenagem à primeira vitória do Uruguai tem uma faixa branca diagonal sobre o azul celeste. E entrou num top 10 das mais oriiginais do continente numa lista dos site argentino Marca de Gol.

http://www.nacional.com.uy/
http://www.nacional.com.uy/

Continuar lendo “Novo uniforme 2 do Nacional lembra a primeira camiseta do #Decano do futebol uruguaio.”

Danubio FC, campeão uruguaio.

 

http://www.danubio.org.uy/
http://www.danubio.org.uy/

O escudo do Danubio de Montevidéu deve ser atualizado logo logo com mais uma estrelinha. “La Universidad del Fútbol Uruguayo” (vencedor do torneio Apertura) conquistou seu quarto campeonato uruguaio nesta tarde, no estádio Parque Central, ao derrotar o Montevideo Wanderers (vencedor do Clausura) nos pênaltis.

O Danubio é o clube de formação de jogadores históricos da Celeste como Ruben Sosa, Álvaro Recoba e Edinson Cavani (entre os 23 convocados por Tabárez, Walter Gargano, Christian Stuani e José Maria Giménez também foram danubianos). O ex-colorado Diego Forlán e o são-paulino Álvaro Pereira jogaram no juvenil do clube da “franja” (a faixa diagonal no escudo e camisa).

Veja dentro do post os atuais uniformes do Danubio, feitos pela Umbro, muito maneiros. O uniforme 1 é semelhante ao do Vasco e da Ponte Preta. Os outros seguem o padrão da faixa diagonal. Continuar lendo “Danubio FC, campeão uruguaio.”