Destacado

“Bobby Robson – More Than a Manager”


Ele era o técnico da Inglaterra que parou nas quartas-de-final da Copa de 1986, no México, diante do gol de mão e do gol da vida de Maradona. Também comandou o English Team até as semifinais na Itália, em 1990. Até chegar lá, ganhou alguns dos principais títulos da vida do Ipswich Town (Copas da Inglaterra em 1978 e da Uefa em 1981). Sir Bobby Robson treinou um conturbado Barça depois da era Cruyff técnico. Levou Ronaldo Fenômeno do PSV para o Camp Nou. Tinha como auxiliar o português José Mourinho (que faz caras hilárias enquanto ajuda o ‘boss’ a se expressar nas entrevistas).

“Bobby Robson – More Than a Manager” é um filmaço, que passou no Cinefoot SP em 2018 e logo depois chegou ao streaming. Espetacular montagem do rico material de arquivo, sem deixar de contar sobre a vida pessoal do treinador, que morreu em julho de 31 de julho de 2009, de câncer.

Pra quem curte futebol internacional, em especial o inglês e o espanhol. vale muito a pena conhecer este documentário. Confira o trailer. Continuar lendo ““Bobby Robson – More Than a Manager””

Na rede pelo lado de dentro

Este slideshow necessita de JavaScript.

Duas da iniciais de maior visibilidade no planeta. O J do novo distintivo da Juventus de Turim e o N da Netflix. Na semana passada, Juve e Netflix anunciaram para o começo de 2018 o lançamento de uma série de documentários – quatro programas de 60 minutos que vão mostrar os bastidores da Velha Senhora.

É o primeiro acordo do tipo envolvendo um clube de futebol e a Netflix. O formato é batizado de ‘docuseries’ em inglês. E corre por aí que o Manchester City tem um acordo para fazer algo semelhante com a Amazon Prime Video, concorrente da Netflix.

Nesta superquarta de Champions 2017-18, horas depois da vitória sobre o Olympiakos, as mídias sociais do Barça em inglês anunciaram uma parceria com o grupo americano de streaming go90 para produzir durante um ano a série Inside Barça. Voltada para os fãs americanos, Inside Barça vai mostrar o clube por dentro, torcedores #blaugranas pelo mundo e parte da vida de Messi e cia. Uma das apresentadoras, segundo a nota publicada em inglês no site do clube, vai ser a jornalista Sara Canals. Continuar lendo “Na rede pelo lado de dentro”

“Club de Cuervos”, primeira temporada.

11794421_974949339228526_4543965613018565408_o
facebook.com/clubdecuervos

No começo deste mês em que a bola voltou a rolar nos principais campeonatos da Europa, entrou em campo Club de Cuervos, de Gary Alazraki, a primeira série latina da Netflix. Na primeira temporada, 13 episódios contam a sucessão do fictício time mexicano Cuervos de Nuevo Toledo, depois da morte do dono e presidente, Salvador Iglesias. O filho baladeiro e marqueteiro, Salvador Iglesias Junior, o Chava (Luis Gerardo Méndez, bem na fita), vence a briga com a irmã Isabel (Mariana Treviño) pela cadeira de presidente. O objetivo de Chava Iglesias é transformar o Cuervos no “Real Madrid da América Latina” e encurta o prazo do plano de gestão oito anos para apenas um. Redesenha o uniforme tradicional (aliás, feito pela Under Armour), nem aí pros patrocinadores, faz contratação galática, não obedece conselhos do cartola mais experiente, atrapalha o velho treinador e briga, briga muito com a irmã, filha de casamento anterior do patrono dos Cuervos de Nuevo Toledo.

Time e cidade são de mentirinha, mas o Cuervos enfrenta times mexicanos reais, como Pachuca e Atlante. A série cresce no decorrer dessa primeira temporada, que já está toda no Netflix, e pode ser vista de uma sentada só. É uma comédia, e toca em questões de bastidores como a corrupção, o ambiente dos vestiários, o estrelismo, e, sobretudo, a divisão interna entre cartolas.

Não posso deixar de lembrar de uma ótima série brasileira da HBO sobre a vida de um juiz de futebol, (fdp), recomendada aqui no blog três temporadas atrás. Também era uma comédia, em 13 capítulos. Talvez estivesse um ou mais furos acima de Cuervos, mas essa primeira empreitada da Netflix no mercado latino e “futbolero” também tem seu valor. Diverte, pode arrancar risos à medida em que os capítulos evoluem e você mergulha no universo dos Cuervos, e aborda problemas reais do futebol latino-americano. Vale procurar assistir, sim, nem que seja num mês em que você teste a assinatura de Netflix.

Continuar lendo ““Club de Cuervos”, primeira temporada.”

Will – Em Busca do Sonho

https://www.facebook.com/WillMovie
https://www.facebook.com/WillMovie

Tem toda pinta de “sessão da tarde”, né? De matinê… O drama “Will”, sobre as aventuras de Will Brennan, 11 anos, um superfã do Liverpool, rumo à Turquia pra ver a final da Champions 2005, é uma produção inglesa de 2011 e vai ser uma das atrações do festival Kicking + Screening em Abu Dhabi, semana que vem.

O filme da Ellen Perry tem no elenco Damian Lewis (o ruivo de “Homeland” é torcedor do Liverpool também na vida real) e o ótimo Bob Hoskins. Gerrard, o capitão, o ex-zagueiro Jamie Carragher, e Kenny Dalglish (ex-jogador e técnico dos Reds) aparecem como eles mesmos.

Não é o único filme de ficção sobre a saga do Liverpool em Istambul, 2005… Uma “virada” sobre o Milan… Depois de estar perdendo por 3 a 0, empatou e foi campeão nos pênaltis (Serginho, Pirlo e Shevchenko perderam!).