Diego Forlán deu um show no estádio Centenario, na goleada do Peñarol sobre o caçula Villa Teresa.

Novembro de 2015

DSC07483O Peñarol acordou domingo a 1 ponto do rival Nacional (que só empatou na véspera – veja post anterior) e com a oportunidade de assumir a liderança isolada do torneio Apertura 2015 do campeonato uruguaio se vencesse a partida de 18h10 no Centenario. Chance não desperdiçada. O aurinegro goleou o Club Atlético Villa Teresa, caçula e lanterninha do campeonato, e entrou na semana do grande clássico uruguaio 2 pontos na frente do tricolor. O Villa Teresa fez sua primeira partida no estádio construído pro Mundial de 1930, no fim de semana que também foi o de ‘estreia’ do blog Fut Pop Clube no Centenário.  Com direito a um show do camisa 10 do Penãrol, Diego Forlán.

DSC07493O melhor jogador da Copa de 2010, na África do Sul, chegou há menos de 4 meses ao carbonero, time de coração da família Forlán (seu pai, Pablo, foi lateral do aurinegro; o filho só tinha jogado na base do Peñarol – e do Danubio- antes de ir pro Independiente e de Avellaneda pra Europa). Diego Forlán fez um golaço. Recebeu, dominou com categoria e sem deixar a pelota tocar o gramado deu um chutaço pra marcar o terceiro do Penãrol. Mandou uma na trave. É um líder dentro de campo. Aplaudido até quando vai bater escanteio. Pudera. De seus pés, dois tiros de canto terminaram em gols aurinegros.  Tem 36 anos. Diego Forlán vai jogar domingo seu primeiro (e talvez último) clássico.

O Peñarol cobrou 240 pesos uruguaios (uns 40 reais) de quem não é sócio para a DSC07473tribuna Olímpica (que fica no meio do campo, embaixo da torre), e na tribuna Colombes fez uma promoção (duas pessoas entravam pelo preço de um ingresso). A barra do Peñarol agita na tribuna Amsterdam. Provoca o rival e faz festa o tempo todo, às vezes à capella, sem bateria, só com a vozes – bem maneiro isso. O público foi bom (20 mil torcedores, de novo minha fonte é o Ovación), mas não lotou o Centenario. O que com certeza vai acontecer no domingo de clásico Nacional x Peñarol.DSC07471

DSC07486 DSC07491Quanto ao histórico estádio da Copa de 1930, precisa de uma boa manutenção, especialmente numas arquibancadas lá no alto da tribuna Olímpica…DSC07476

… mas o cenário é de arrepiar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ficha da partida dentro do post e um resumo em vídeo neste link aqui. Continuar lendo “Diego Forlán deu um show no estádio Centenario, na goleada do Peñarol sobre o caçula Villa Teresa.”

Thinking Football

A carreira do belo filme “Os Rebeldes do Futebol” fez mais uma escala. Depois de Cartagena e do BCN Sports Films, o doc ancorado por Eric Cantona abriu a programação do Thinking Football Film Festival, em Bilbao. O festival que vai até sábado é promovido pelo Athletic Club e pela fundação do clube basco. Temos aqui o querido CINEfoot, mas já imaginou um time brasileiro promovendo um festival de cinema, ainda mais sem um filme sobre o próprio umbigo? Palmas para o Athletic.
cartel
Nesta terça-feira, o Thinking Football exibe “Cracks de Nácar”, doc argentino sobre a paixão de dois veteranos jornalistas pelo futebol de botão (confira o texto anterior). E outra produção do Cone Sul: “Manyas – La Película”, sobre a irada torcida do Penãrol (confira meus pitacos). Continuar lendo “Thinking Football”