Hino do Bahia #trieletrizado

Armandinho

… Vamos conquistar mais um tento… Bahêa, Bahêa, Bahêa!

É o jeito como a torcida do tricolor de aço canta o hino do Bahia, de autoria de Adroaldo Ribeiro Costa.
Arrasa-quarteirão que abre este LP, o terceiro disco do trio elétrico Armandinho, Dodô & Osmar, lançado em 1977, um achado recente em vinil num sebo de Pinheiros, em São Paulo (saca o filme “Durval Discos”? É por ali…).

Armandinho, filho de Osmar, criador dos trios elétricos com Dodô, é Bahia, como Moraes Moreira, que canta, compõe e também toca guitarra no disco.

Que delícia de som dessa guitarrinha baiana!Ainda tem clássicos do frevo de Jabob Bittencourt, Nelson Ferreira, Levino Ferreira…  Continuar lendo “Hino do Bahia #trieletrizado”

Terceiro uniforme do Santa Cruz

FOTO Luiz Pires VIPCOMM
FOTO Luiz Pires VIPCOMM
FOTO divulgação Penalty | Vipcomm
FOTO divulgação Penalty Vipcomm

Na Coleção Raízes, a Penalty lançou no Dia Nacional do Futebol (19 de julho) a nova camisa nº 3 do Santa Cruz. Segundo o site CoralNet, que tem tudo sobre o Santinha, o tricolor do Arruda usará este belo uniforme no outro domingo, 28 de julho, na partida contra o Baraúnas, pela série C do Brasileirão.

De acordo com o fabricante, o escudo desse modelo lembra as iniciais de um distintivo usado pelo Santa nos anos 40 e 50. E na parte interna, aparece a inscrição  “tuas vitórias de hoje nos lembram vitórias do passado”, parte do frevo “O Mais Querido”, de Capiba, 1957. Acredito que vá fazer muito sucesso. O pessoal de Pernambuco é muito fiel aos seus clubes e  no meu rolê pela Arena Pernambuco pude perceber que os torcedores adoram uniformes diferentes e também os que remetem ao passado. Confira os detalhe do novo terceiro do quase centenário Santa Cruz, dentro do post. Continuar lendo “Terceiro uniforme do Santa Cruz”

“Frevo do Bi”

Já que mencionamos o “escrete de ouro” da Copa de 1962, no texto anterior, sobre o livro “As Melhores Seleções Brasileiras de Todos os Tempos”, do Milton Leite, e hoje é o Dia do Frevo, republico a dica dada pelo jornalista Beto Xavier, autor do livro “Futebol no País da Música” (Panda Books), aqui no blog, em abril do ano passado.

FUTEBOL EM 11 RITMOS: 5) FREVO

publicado originalmente em 24/04/2009

O frevo indicado por Beto Xavier é “Frevo do Bi“, sucesso de Jackson Pandeiro – um daqueles apaixonados por futebol, capaz de torcer quase para um time em cada estado (ouça outras canções de Jackson). Feito em 1962, quando a Seleção foi bicampeã do mundo.

Foi regravado por Tom Zé e Gereba, disco “Cantando com a Platéia”, e por Silvério Pessoa, disco “Batidas Urbanas”, em formato pauleira, a tempo da Copa de 2002. Eta frevo pé quente!

LEIA MAIS:

Sobre o Dia do Frevo na minha Coluna de Música.

Sobre as dicas de Beto Xavier na série “Futebol em 11 Ritmos”, aqui do blog. Tem samba, choro, rock, balada, instrumental, marcha, bossa nova, baião, samba-rock e rap!

Para Mané

Neste 20 de janeiro, Fut Pop Clube lembra livro, filmes e algumas músicas sobre o anjo de pernas tortas. O livro, escolha óbvia, é um clássico das biografias sobre ídolos populares. Estrela Solitária – Um Brasileiro Chamado Garrincha, de Ruy Castro, pela Companhia das Letras. Que inspirou um filme romanceado, Garrincha, Estrela Solitária, de Milton Alencar, com o ator André Gonçalves no papel de Mané; a bela Thaís Araújo interpreta Elza Soares . Pena que não bateu um bolão nem de crítica nem de bilheteria. Há ainda o documentário Garrincha, Alegria do Povo, do diretor cinema-novista Joaquim Pedro de Andrade, lançado em 1963, pouco depois do bi mundial da Seleção e do bi carioca do Botafogo (leia mais aqui).

Tem frevo para Garrincha
Tem frevo para Garrincha

Gostaria de lembrar de um sensacional frevo de Antonio Nóbrega que descobri por acaso. Garrincha não é a faixa 7, mas a 12 do primeiro volume do CD “Nove de Frevereiro“. Fala com encanto de “um bobo da corte, um herói brasileiro”… que “deixou pátria órfã, sem circo a nação”. Também presente no DVD do show de Nóbrega – capinha reproduzida ao lado.
O livro que o jornalista Beto Xavier lançou pela Panda cita um mambo que entrou na trilha sonora do filme Garrincha, Alegria do Povo. E muitas outras canções sobre o herói da estrela solitária (para Beto, Garrincha só perde de Pelé em nº de músicas). Mané mereceu um capítulo inteiro do livro Futebol no País da Música – páginas divididas com Elza Soares, que casou com o camisa 7  e gravou sambas do craque das pernas tortas.

Em abril de 2009, Fut Pop Clube publicou uma série de posts, graças ao Beto Xavier, “Futebol em 11 Ritmos“. Pedi ao Beto para indicar uma balada nota 10. A resposta dele está abaixo: Continuar lendo “Para Mané”

“Futebol no País da Música”

futebol no país da músicaO jornalista Beto Xavier faz no sábado o lançamento do livro Futebol no País da Música em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Bom motivo para ler ou reler a entrevista que o Beto deu ao Fut Pop Clube em abril. Ou a série Futebol em 11 ritmos, aqui do blog, em que Beto escolheu um samba, um choro, uma marcha, uma bossa nova, um frevo,  um baião, um samba-rock, uma música instrumental, um rock, uma balada e um rap.

Futebol no País da Música

301Na segunda parte da entrevista com o jornalista Beto Xavier, autor do livro Futebol no País da Música, uma lista à la Nick Hornby. Pedi pro Beto citar uma canção sobre futebol em 11 ritmos diferentes. Do samba ao rap, passando pelo rock, choro, marcha, bossa nova, frevo, baião, samba-rock, música instrumental e balada. Mais uma vez, o gremista deu banho de bola. Vale a pena ter o livro dele, para consultar sempre sobre esse rico casamento entre bola e violões, cavaquinhos, pandeiros, tamborins, guitarras… Espero que vocês curtam os 11 textinhos abaixo, como eu aproveitei. Sempre que possível, abri links para trechos das músicas citadas em páginas dos artistas, ou excelentes sites como Discos do Brasil e Clique Music. Estão aí embaixo. Boa viagem!

Um frevo para Garrincha

Gostaria de lembrar de um sensacional frevo de Antonio Nóbrega que descobri por acaso. Garrincha é a faixa 12 do primeiro volume do CD “Nove de Frevereiro“. Fala com encanto de “um bobo da corte, um herói brasileiro”… que “deixou pátria órfã, sem circo a nação”. Também presente no DVD – capinha reproduzida aí embaixo.

Tem frevo para Garrincha
Tem frevo para Garrincha

O livro que o jornalista Beto Xavier lançou pela Panda cita  um mambo que entrou na trilha sonora do filme Garrincha, Alegria do Povo. E muitas outras canções sobre o herói da estrela solitária (para Beto, Garrincha só perde de Pelé em nº de músicas). Mané mereceu um capítulo do livro Futebol no País da Música – páginas divididas com Elza Soares, que casou com ele e gravou sambas do craque das pernas tortas. Já nas melhores livrarias.