Real Madrid é penta, no ano de CR7.

Real Madrid
Flâmula do Real Madrid, pentacampeão mundial de clubes. Os ‘blancos’, que venceram a chamada Copa Intercontinental em 1960 (contra o Peñarol), 1998 (Vasco) e 2002 (Olimpia), ganharam o Mundial de Clubes da Fifa em 2014 (contra o San Lorenzo) e agora em 2016, ao derrotar o Kashima Antlers na prorrogação. 4-2.

Terceiro título madridista em 2016 (ganhou Champions e Supercopa da Uefa). Ano de Cristiano Ronaldo, que ainda conquistou a Euro com Portugal, e a Bola de Ouro (“France Football”) – hoje foi mais uma vez decisivo, ao marcar um triplete em Yokohama.

Mas o destaque do torneio foi o Kashima Antlers (campeão japonês) dirigido por Masatada Ishii. Soube vencer o Atlético Nacional,campeão da Libertadores, por 3×0, é verdade que beneficiado por uma jogada (mal) decidida com ajuda de vídeo. Definiu a semifinal no segundo tempo, com rápidos contra-ataques. Continuar lendo “Real Madrid é penta, no ano de CR7.”

#Campion5: um novo Barça das cinco copas.

IMG_20151220_233354
http://www.fcbarcelona.com/

Pela ordem da arte no canto direito superior da imagem acima: La Liga (campeonato espanhol), La Copa (Copa do Rei), a orelhuda (Champions), Supercopa da Uefa e, neste domingo, o Mundial de Clubes, o terceiro do clube. O Barça da era Luis Enrique ganhou cinco taças em 2015 (só perdeu a Supercopa da Espanha pro Athletic).

É o mesmo número de copas pintadas de azul e grená em 2011, com Guardiola, e na temporada 1951/52, quando Kubala e cia ganharam espanhol, Copa do Rei, Copa Latina (disputada pelos campeões das ligas espanhola, francesa, italiana e portuguesa), Copa Eva Duarte (embrião da Supercopa de Espanha) e Copa Martini Rossa. Em 2009, o Pep Team ganhou tudo. Seis copas.

Palmas pra este novo Barça das 5 copas, com Messi, Suárez e Neymar ligados, assim fica difícil para qualquer time sul-americano.

Palmas também pro River Plate, que caiu de pé. Uma tática algo suicida, talvez, mas corajosa.

Suárez levou os prêmios de artilheiro e melhor jogador.

Uma taça especial deveria ser dada à torcida dos “millonarios”. Mesmo com o 0x3 na cabeça, não pararam de cantar um segundo.
Continuar lendo “#Campion5: um novo Barça das cinco copas.”

Corinthians grande – campeão do mundo!

Evolução dos distintivos do Timão. www.corinthians.com.br
Evolução dos distintivos do Timão. http://www.corinthians.com.br

O gigante Cássio, o peruano Guerrero, o técnico Tite e companhia alvinegra entraram para a história dos maiores ídolos de um bando de loucos.
Campeão brasileiro em 2011, campeão invicto da Libertadores 2012, o Corinthians é o novo campeão mundial de clubes. Bicampeão, levando em conta o Mundial disputado em 2000 no Brasil.
Passou sufoco no primeiro tempo. Cássio se consagrou.
No segundo tempo, em jogada de Paulinho e do essencial Danilo, o recém-chegado Paolo Guerrero (autor do gol na semifinal contra o Al Ahly) entrou de vez para a galeria dos ídolos da Fiel. O final teve um pouco do drama e do sofrimento que os corintianos estavam acostumados até essa fase dourada. Conquista incontestável e mais do que merecida. Parabéns.  Continuar lendo “Corinthians grande – campeão do mundo!”

Hoje é aqui: Toyota Stadium

É moderno, muito bonito e todo futurista o estádio de Toyota, onde Al Ahly e Corinthians disputam uma vaga na final do Mundial de Clubes 2012. Comporta 45 mil torcedores, todos sentados. O detalhe é que tem um teto retrátil, que pode ser fechado em coisa de 50 minutos. Repare na foto abaixo, do site World Stadiums – o telhado está recolhido, todo à direita.

/www.worldstadiums.com
/www.worldstadiums.com

Continuar lendo “Hoje é aqui: Toyota Stadium”

Tabela do Mundial de Clubes 2012 (atualizada)

Resultados atualizados em  16/12/12

  1. Sanfrecce Hiroshima 1×0 Auckland City – 6 de dezembro, em Yokohama
  2. Ulsan Hyundai 1×3 Monterrey – 9 de dezembro, 5h da manhã, em Toyota
  3. Sanfrecce Hiroshima  1×2 Al Ahly – 9 de dezembro, 8h30, em Toyota
  4. Disputa do 5º lugar: Ulsan Hyndai 2×3 Sanfrecce Hiroshima  – 12 de dezembro, 5h30, em Toyota
  5. Al Ahly 0x1 Corinthians – 12 de dezembro, 8h30, em Toyota – gol de Guerrero
  6. Monterrey 1×3 Chelsea – 13 de dezembro, 8h30, em Yokohama
  7. Disputa do 3º lugar entre os perdedores das semifinais – Al Ahly 0x2 Monterrey –16 de dezembro, 5h30, em Yokohama
  8. Finalíssima entre os vencedores dos jogos 5 e 6 – Corinthians 1×0 Chelsea– 16 de dezembro – 8h30, em Yokohama.
  • Corinthians campeão (post novo aqui).

O filme sobre o tri mundial do São Paulo está no CINEfoot.


Este é o cartaz do filme “Soberano 2 – A Heroica Conquista do Mundial de 2005“, que a G7 Cinema lança em 24 de agosto nos cinemas. O documentário foi feito pelo mesmo escrete de “Soberano – Seis Vezes Campeão”, que contou o hexa brasileiro do São Paulo: os diretores e roteiristas Carlos Nader e Maurício Arruda, e o compositor Nando Reis, responsável pelas canções originais – todos tricolores de carteirinha! O copeiro Liverpool, que tinha sido campeão na raça era considerado favorito contra os sul-americanos. Um filme já visto em 1992, 93… Mas o time de guerreiros, “cascudos”, que começou a ser montado por Cuca, passou pelo sempre polêmico Leão e chegou ao Japão com o bem mais calmo Paulo Autuori. Havia talentos, como Amoroso, dois alas ainda em forma, dois volantes que marcavam muito e saíam pro jogo – tanto que o camisa 7 Mineiro marcou o gol decisivo, num passe esperto de Aloísio Chulapa. Havia o sangue tricolor celeste de Diego Lugano na zaga. E acima de tudo, havia Rogério Ceni.

Confira aqui a lista dos cinemas que lançam “Soberano 2”.

Continuar lendo “O filme sobre o tri mundial do São Paulo está no CINEfoot.”