Os parceiros de Messi na Argentina 2018

Os parceiros de Messi na Argentina 2018

Atualizado em 9 de junho, depois dos cortes de Sergio Romero e Manuel Lanzini

A Seleção Albiceleste convocada por Jorge Sampaoli só tem três atletas de clubes argentinos (mesmo número da Seleção Brasileira e também o mesmo número da Argentina vice de 2014 – gracias, Paladar Negro). As ligas mais representadas são a inglesa (cinco jogadores), italiana (cinco), espanhola (três), portuguesa (dois), francesa (dois), holandesa, chinesa e, agora, mexicana.
ARQUEROS:

  • Sergio Romero (Man United)

* Chiquito foi cortado por lesão e substituído por Nahuel Guzmán, do Tigres, do México

  • Willy Caballero (Chelsea)
  • Franco Armani (River Plate)


DEFENSORES

  • Gabriel Mercado (Sevilla)
  • Cristian Ansaldi (Torino)
  • Nicolás Otamendi (Manchester City)
  • Federico Fazio (Roma)
  • Marcos Rojo (Manchester United)
  • Nicolás Tagliafico (Ajax)
  • Marcos Acuña (Sporting)

VOLANTES:

  • Javier Marcherano (Hebei China Fortune)
  • Eduardo Salvio (Benfica)
  • Lucas Biglia (Milan)
  • Giovani Lo Celso (PSG)
  • Éver Banega (Sevilla)
  • Manuel Lanzini (West Ham) Enzo Pérez (River)
  • Maximiliano Meza (Independiente)
  • Ángel Di María (PSG)
  • Cristian Pavón (Boca)

DELANTEROS:

  • Lionel Messi (Barça)
  • Paulo Dybala (Juve)
  • Gonzalo Higuaín (Juve)
  • Sergio Ag6uero (Manchester City)

* FIGURINHAS COM ASTERISCO –

Continuar lendo “Os parceiros de Messi na Argentina 2018”

Barça Supercampeão 2015. Contra um Super Sevilla.

O Barça de Luis Henrique já tinha um triplete. Champions, La Liga e La Copa (do Rei).
Agora tem a Supercopa da Uefa. E pode conquistar a Supercopa da Espanha (dois jogos contra o Athletic) e o Mundial de Clubes.

facebook.com/fcbarcelona
facebook.com/fcbarcelona

Não foi nada fácil ganhar esta Superccopa. Uma partida pra não esquecer.
Banega, de falta, abriu o placar pro Sevilla. Messi empatou e virou. De falta!
Rafinha completou jogada inteligente de Suárez. O uruguaio fez 4×1.
Acho que nem o torcedor mais vermelho do Sevilla poderia imaginar que os de Nervión fossem diminuindo, 4×2… 4×3… 4×4!

Pedro, que está mais fora que dentro do Barça, fez o gol da vitória, no finzinho da prorrogação. 5 a 4!

Um jogo pra guardar.

A Europa tem um grande supercampeão, o Barça.

E um Super Sevilla, bi/tetra campeão da Liga Europa. Bravo, Unai Emery. Boa sorte na Champions!

Continuar lendo “Barça Supercampeão 2015. Contra um Super Sevilla.”

Sevilla FC 2015-16

Sevilla FC 2015-16

O atual bicampeão da Europa League vai disputar a Champions 15-16 – está classificado diretamente pra fase de grupos! O Sevilla e a New Balance revelaram hoje os três novos uniformes do time andaluz para a a nova temporada. Começando pela camiseta principal.11705298_900419540029009_7134630661861327396_n

Este slideshow necessita de JavaScript.

Agora, a segunda camiseta.11539081_10153590460651833_1575245366825993606_o

Enfim, a terceira camisa.

Veja os primeiros reforços para a temporada, que marcará também a volta do dérbi sevilhano, um dos clássicos de maior rivalidade na Espanha e no mundo. Mas vai ter que repor porque alguns jogadores importantes saíram. 10003576_10153541736066833_1597036425329186671_o

  • > Principais chegadas > 11265483_872447879492842_763503975330696252_no delantero Fernando Lllorente (que foi vice da Europa e campeão italiano pela Juve), o atacante italiano Ciro Immobile (emprestado pelo Borussia), o ponta francês Kakuta, que estava no Rayo Vallecano. Steven N’Zonzi (meio-campo, Congo, ex-Stoke City), Ivan López (meia, ex-Getafe), Michael Krohn-Dehli (Dinamáquina, Celta de Vigo). Yevhen Konoplyanka (ala, seleção da Ucrânia, ex-Dnipro). Sergio Escudero (lateral esquerdo, ex-Getafe), Rami (ex-Milan), Marco Andreolli (zagueiro, emprestado pela Inter de Milão).
  • < Principais saídas < : Carlos Bacca (Milan), Aleix Vidal (Barça),  Iago Aspas (Celta), o capitão Fernando Navarro (Dépor La Coruña), Stephane Mbia (Trabzonspor), Mariano Barbosa (goleiro)
  • Já estavam no #RSP *): o guardameta português Beto, o portero espanhol Sergio Rico, Benoît Trémoulinas, Coke, o volante polonês Krychowiak, Vitolo, Reyes (renovou), o meia argentino Éver Banega.
  • Treinador: Unai Emery,
  • Uniformes: a New Balance assumiu o fornecimento das “equipaciones” de times que tinham contrato com a sua subsidiária Warrior.
  • * Estádio: o caldeirão Ramón Sánchez-Pizuján, conhecido como a Bombonera de Nervión. Passa por uma pequena reforma, inspirada na do Mestalla. Capacidade: 42.500 sevillistas.

    Continuar lendo “Sevilla FC 2015-16”