Amor à camisa


Dica da página do Futebol Marketing no Face. A Umbro fez uma homenagem maneira às cores dos times que têm contrato com a empresa, planeta bola afora.No You Tube, a Umbro explica que não são todos, mas uma boa parte deles. Do Brasil, foram lembrados o Grêmio, o Vasco, o Atlético Paranaense, a Chapecoense, o Joinville, o Náutico e o Remo.

Conhece todas as camisas do vídeo acima? Na página http://umbrofootballshirts.com/kits/, o torcedor internauta encontra a imagem abaixo. Só que ela é interativa. Clicando lá em cada camiseta, o torcedor encontra o distintivo do time ou seleção. Se ainda não conseguir matar a charada, clica de novo no escudo que tem mais informações sobre a equipe que usa aquela camiseta. Além dos brasileiros citados, aparecem times como Nacional do Uruguai, o Deportivo Cali, o Once Caldas, Independiente Santa Fe e o Junior Barranquilla da Colômbia, o Universitario e o San Martín do Peru, a LDU (Equador), Colón (Argentina), Necaxa (México), Everton, Hull City e Derby County da Inglaterra, Nantes e Lens (França), NAC Breda (Holanda), o Derry Ciy, Sligo Rovers e o St. Patrick’s Athletic (Irlanda), Maritzburg United, Mpumalanga Black Aces e TUKS (África do Sul), Slavia Prague (uma das camisas mais chamativas, a de visitante, com uma estrela no lado esquerdo) e Teplice (República Tcheca) etc etc etc … e seleções (Azerbaijão, Canadá, Irlanda, Malawi, Peru, Sérvia).

https://www.facebook.com/umbro
https://www.facebook.com/umbro

Continuar lendo “Amor à camisa”

Umbro 90

Uma festa com breja e boas covers de rock and roll, no pub All Black, em Sampa, marcou os 90 anos da Umbro. A marca fundada em Manchester, em 1924, que recententemente pertenceu à Nike, desde 2012 é da empresa americana Iconix Brand Group. No Brasil, o grupo Dass tem a licença da Umbro, que veste cinco equipes (por enquanto): Atlético Paranaense, Chapecoense, Náutico, Joinville e Remo. Recentemente, fez camisas lindas para o Juventus da Mooca e para Portuguesa Santista (se encontrar e gostar, não hesite, porque vão virar raridades). Veja as camisas atuais na galeria abaixo.

Este slideshow necessita de JavaScript.


O Vasco da Gama deve ser o próximo.
Atualmente, a Umbro fornece material para seleções como Sérvia, Irlanda, Canadá e Peru (vi torcedores peruanos com a camisa de sua seleção, durante a Copa, e realmente é muito maneira).


Na terra natal da empresa, a Inglaterra, a Umbro voltou a fornecer material para o Everton (confira aqui). E também tem contrato com o Derby County

e com o Hull City

Ficou massa a volta do “bolsillo” à camisa do Nacional, de Montevidéu. Chique no último!

 

https://www.facebook.com/nacional/
https://www.facebook.com/nacional/
A 2 do Nacional
A 2 do Nacional

A LDU (Liga de Quito) e o Once Caldas (Manizales, Colômbia) também vestem Umbro atualmente.

Por coincidência, um dos times vestidos pela Umbro na América do Sul, o Club Universitario de Deportes, de Lima, também faz 90 anos em 2014. Deixa para uma bela camisa comemorativa. Em volta do escudo de La U peruana,26 estrelas – uma para cada título nacional.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Atlético Paranaense também fez 90, em maio. Também ficou show a camisa comemorativa, olha só. Continuar lendo “Umbro 90”

Destacado

“Maldito Futebol Clube” | “The Damned United”.

Damned United

Jogadores que querem derrubar técnico. Treinador que dá entrevistas polêmicas e entra em rota de colisão com a diretoria. Você nunca viu esse filme? Pois está nas locadoras Maldito Futebol ClubeThe Damned United[classificação 12 anos], produção de 2009 da BBC Films e Columbia Pictures, adaptação do livro The Damned United, de David Peace. Que eu me lembre, não passou nos cinema brasileiros, foi lançado direto em vídeo. Uma pena. Michael Sheen, ótimo ator que fez Tony Blair em “A Rainha” e David Frost em “Frost/Nixon”interpreta mais um papel de personalidade da vida real: o treinador Brian

“Prestigiado”: Brian Clough durou 44 dias no Leeds United

Clough, que depois de jogar no Middlesbrough, Sunderland e seleção inglesa, começou a carreira de técnico no Hartlepool United, hoje na terceirona inglesa. Maldito Futebol Clube trata especialmente dos conturbados 44 dias em que Clough treinou o Leeds United, entrecortados em flashbacks constantes com a passagem gloriosa pelo Derby County – que Clough e seu braço direito, Peter Taylor, tiraram da segundona, levaram ao primeiro título inglês de primeira divisão (temporada 71/72) e às semifinais da Copa dos Campeões da Europa, hoje Champions (caiu diante da Juventus). Sem

Clough e Taylor levaram o Derby da segundona às semifinais da Europa

Peter Taylor, sua cara metade futebolística, o linguarudo Clough se deu mal no Leeds, que vinha de título (73/74). Você se lembra do Nottingham Forest, time de camisas vermelhas que ganhou quase tudo na Inglaterra e Europa no final dos anos 70 (campeão inglês na temporada 1977/78, bicampeão europeu em 1978-79 e 1979-80)? Era Brian Clough o técnico!  Hoje o Forest está na segundona inglesa, a Football League Championship, como Leeds e o Derby County. Será uma maldição contra os principais clubes treinados por Brian Clough? Hahaha!
Misturando algum arquivo com trechos de jogos encenados especialmente para o filme, Maldito Futebol Clube/The Damned United se concentra mais na explosiva personalidade do técnico, vaidades, amizade, traição, rivalidades com outro treinador -Don Revie-e seus pupilos no Leeds. Taí um bom apertivo para a Premier League, elite da bola inglesa, que recomeça neste fim de semana. Mais um bom filme de futebol para “nossa coleção”. Continuar lendo ““Maldito Futebol Clube” | “The Damned United”.”