Flamengo 2015

Atualizado em agosto

11879135_1184178004932907_6533991595766564139_o
Nova camisa 2 do Flamengo 2015.
facebook.com/FlamengoOficial
facebook.com/FlamengoOficial
  • IN > :  Ederson (ex-Lazio), Cesar (ex-Benfica), Paolo Guerrero (Corinthians, seleção peruana), Emerson Sheik (outro que deixou o Corinthians), Ayrton (lateral, ex-Palmeiras), Alan Patrick (Palmeiras/Shakhtar).
  • < OUT: Alecsandro (Palmeiras).
  • Estrangeiros: Armero (Colômbia), Canteros (Argentina), Cáceres (Paraguai), Lucas Mugni (Argentina), Eduardo da Silva (brasileiro com nacionalidade croata) e agora, Guerrero.
  • Um “prata da casa”: Paulo Victor.

    Craque o Flamengo faz em casa. Paulo Victor com a camisa nova de goleiro.
    Craque o Flamengo faz em casa. Paulo Victor com a camisa nova de goleiro.
  • TécnicoCristóvão Borges (técnico, ex-Flu), Oswaldo Oliveira assumiu.
  • Uniformes: Adidas

Continuar lendo “Flamengo 2015”

(2015) Flamengo de “professor” e #MantoSagrado novos.

(2015) Flamengo de “professor” e #MantoSagrado novos.

E já tem loja rubro-negra vendendo a camisa nova com o número 9 e o nome do Guerrero, a mais nova contratação do Fla!

384604
Héctor Canteros e a nova camisa 1 do Fla.

Depois de demitir o “profexô”, o Flamengo anunciou Cristóvão Borges (ex-Vasco, Bahia e Fluminense). O novo técnico do rubro-negro estreia logo contra seu ex-time, é, no Fla-Flu, neste domingo, 31 de maio – quando o Mengo também vai lançar o novo uniforme 1.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O novo “home kit” do Fla tem a inscrição “Manto Sagrado” nas costas, perto da gola. O goleiro Paulo Victor também deve entrar no Maraca domingo de roupa nova. Veja. Continuar lendo “(2015) Flamengo de “professor” e #MantoSagrado novos.”

Conheça a Flamengueira, a nova camisa 3 do Flamengo (2014).

Atualizado em agosto/2014
10634017_715593388512679_8498807182354829509_o

Este slideshow necessita de JavaScript.


A Acalypha Wilkesiana é o novo reforço do Flamengo! É o nome científico da planta que o Fla e a sua parceira Adidas apelidaram de Flamengueira e inspira o novo terceiro uniforme rubro-negro. Estreia no jogo contrea o Grêmio, 6 de setembro, às 18h30, no Maracanã.
Ornou?  Continuar lendo “Conheça a Flamengueira, a nova camisa 3 do Flamengo (2014).”

“Fla x Flu – 40 Minutos Antes do Nada”.

Publicado em outubro de 2013

https://www.facebook.com/flafluofilme/
https://www.facebook.com/flafluofilme/

1239176_416884401756924_764732307_oDomingo de Fla-Flu no Maracanã. O Clássico das Multidões já recebeu uma grande homenagem nos cinemas. É o “Fla x Flu – 40 Minutos Antes no Nada“. O filme de Renato Terra (codiretor de “Uma Noite em 67”) ganhou o prêmio de melhor documentário segundo o júri popular no Festival do Rio 2013. No mesmo ano, tive a oportunidade de ver a pré-estreia paulistana, que lotou o auditório Armando Nogueira, do Museu do Futebol, em pleno Pacaembu! É um tal de provocação… “Recordar é viver, Assis acabou com você” x hat–trick do Zico… Quase todas brincadeiras sadias, verbais, engraçadas, tiração de sarro como deveriam ser as rivalidades no futebol. Como sou “neutro”, devo dizer que me diverti muito, nos 85 minutos do filme. Que figuraças os entrevistados… de um lado, Sacha Rodrigues (neto rubro-negro do profeta tricolor Nelson Rodrigues), Márvio dos Anjos, Márcio da Fla-Angra, Francisco (a cara do João) Bosco, Arthur Muhlenberg, e por falar em Arthur, Zico, Júnior e Leandro. Do outro lado, Toni Platão, Pedro Bial, notórios tricolores, Heitor D´Alincourt, Márcio Trindade, o folclórico Desiré e… Assis… Assis rouba o filme! Os caras já são engraçados… e a dupla de entrevistadores, formada pelo próprio diretor, Renato Terra (FFC), e Luiz Antônio Ryff (CRF) – soube provocar, para tirar o máximo dos personagens. O objetivo do diretor não era fazer um filme cronológico, do primeiro Fla-Flu, em 1912, ao Fla-Flu do centenário. Onze clássicos considerados históricos são de alguma maneira lembrados. Renato Terra afirma que quis fazer um filme sobre a paixão, a paixão dos torcedores. E conseguiu. Depois da sessão em São Paulo, houve um bate-papo no auditório do Museu do Futebol, E uma senhora comentou que não gosta de futebol, mas se amarrou no filme. Boa sorte para a carreira desse clássico nos cinemas. Que leve multidões. Veja o trailer no post anteriorContinuar lendo ““Fla x Flu – 40 Minutos Antes do Nada”.”

Os 100 anos de futebol do Flamengo, num encontro aberto do MemoFut, em São Paulo!

Publicado em outubro de 2012

O MemoFut, grupo que discute literatura e memória do futebol, costuma fazer reuniões fechadas no Museu do Futebol. Mas a deste sábado é aberta ao público e interessa à maior torcida do país, com grande representação em São Paulo. A partir de 9h da manhã, historiadores, jornalistas, pesquisadores e um ex-goleiro, hoje empresário, vão fazer apresentações sobre a história do Flamengo, a entrada do clube no futebol, há 100 anos, o centenário de Domingos da Guia, a torcida, as grandes conquistas rubro-negras. Chegue cedo, porque a entrada é de graça mas limitada à capacidade do auditório do Museu do Futebol (180 pessoas).
Confira a programação atualizada:

  • 8h30 – Memorabilia Futebolística Especial: os participantes poderão trazer qualquer livro, artigo ou objeto antigo ligado ao futebol do Flamengo
  • 9h –  Abertura e Comunicações da Coordenação
  • 9h15 – O Futebol no Flamengo – por Bruno Lucena, Coordenador de Pesquisa e Estatística do Departamento de Patrimônio Histórico do Flamengo.
  • 9h30 – A Maior Torcida do Mundo – Bruno Lucena
  • 9h45 – 100 anos do nascimento de Domingos da Guia – por Marcos Eduardo Neves,  jornalista, autor dos livros ‘Nunca Houve um Homem como Heleno’ e ‘Anjo ou Demônio/A trajetória de Renato Gaúcho’ e Curador do Museu Flamengo.
  • 10 h – O Torneio Rio-São Paulo de 1940 – Rhuan Carvalho, Historiador do Departamento de Patrimônio Histórico do Flamengo.
  • 10h15 – A Saga de 1981 – Antonio Carlos Meninéa, autor dos livros “1981 – O Ano mais feliz de nossa vida rubro-negra” e “Romeiro-O Sputnik Brasileiro”.
  • 10h30 Intervalo Continuar lendo “Os 100 anos de futebol do Flamengo, num encontro aberto do MemoFut, em São Paulo!”

“E novamente ele chegou com inspiração…”

Ubirajara Alcântara, Aloísio, Fred, Reyes, Paulo Henrique, Liminha, Rodrigues Neto, Rogério, Caio (depois Samarone), Paulo César e Arilson (depois Fio). Com esse time, citado pelo excelente site Fla Estatística.com, em 15 de janeiro de 1972 o mais querido derrotou o glorioso Benfica por um a zero, em partida do Torneio Internacional de Verão do RJ, disputado no Maracanã. Esse Fio, que entrou no lugar de Arilson e fez o gol da vitória rubro-negra sobre os encarnados de Lisboa, é o Fio Maravilha, imortalizado no samba-rock superclássico do homem-gol da MPB, sucesso de público até hoje nos shows de Jorge Ben Jor, como o que Fut Pop Clube curtiu sábado, no Circo Voador. “Foi um gol de anjo/Um verdadeiro gol de placa”, escreveu Jorge Ben Jor, torcedor do Flamengo que chegou a jogar no clube de coração.
Como bem lembrou o Memória EC no mês passado, em janeiro fez 40 anos da “jogada celestial” que inspirou o “gol de classe” da música brasileira que fala de futebol. Jorge Ben Jor lançou “Fio Maravilha” pela primeira vez no discão “Ben” (capinha ao lado), no mesmo ano: 1972. Continuar lendo ““E novamente ele chegou com inspiração…””