Grandes brasileiros

Este slideshow necessita de JavaScript.


Em poucos dias, o Brasil perdeu grandes nomes da cultura. Primeiro, o escritor e jornalista João Ubaldo Ribeiro.
Nesta quarta-feira, o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna.
Os escudos do Sport Recife – do qual Ariano Suassuna era torcedor fanático-; do Vitória e do Vascão – os preferidos de João Ubaldo, também fã do artilheiro Quarentinha – são para lembrar. Craques consagrados das letras também amam o futebol.

O autor dos clássicos “Viva o Povo Brasileiro” e “Sargento Getúlio” (que virou um filmaço, um dos melhores de nossa cinematografia!) foi homenageado no fim de semana pelo Vitória e pelo Vasco.

Certamente o Sport vai lembrar e muito do autor de “O Auto da Compadecida” (que minissérie!) na partida de amanhã, quinta-feira, contra o Paysandu, na Ilha do Retiro que Suassuna adorava frequentar.

Aliás, já começou, no site do clube:

Eles não sabem o que é felicidade, porque felicidade é torcer pelo Sport” – Ariano Suassuna (1927-2014) 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s