Feliz ano novo, tricolor. Feliz 2009, Adriano

Estamos no último dia de maio e finalmente o São Paulo venceu e convenceu. 3×0 num adversário de muito respeito, o Cruzeiro, campeão mineiro. Se bem que desconfio que o Cruzeiro está é preocupado com o jogo de volta da Libertadores, 17 de junho, no mesmo Morumbi. Que hoje recebeu 51.800 pessoas. Jogo com (boa) promoção, é verdade, mas o grande público desmente aqueles que vivem criticando a torcida são-paulina, por não ir ao estádio, não dar bola pro Brasileirão. É só trabalhar bem o marketing que vem, sim.  Muricy surpreendeu na escalação, com Borges, Marlos e Junior Cesar. Deixou no banco Dagoberto, Jorge Wagner (!) e Hernanes (que realmente não vive boa fase). Se o elenco precisava de um choque, ver barrados dois heróis das últimas conquistas, como J.Wagner e Hernanes, a estratégia de Muricy funcionou. Tudo bem que o primeiro gol foi meio achado, mas valeu a insistência de Washington, agora com 100 gols em Brasileirões.

FotoDivulgação/VIPCOMM
FotoDivulgação/VIPCOMM

O veloz Marlos estreou muito bem. Pela direita acionou Zé Luís, outro destaque, que cruzou para Borges fazer 2×0. Gol comemorado com saltos mortais e explosão de alegria pelo artilheiro. No segundo tempo, o tricolor cozinhou o jogo, se defendendo com até 7 jogadores, formando autênticos bloqueios na área. Num contragolpe iniciado pelo goleiro Denis, Dagoberto (que entrou no lugar de W9) fez o terceiro gol (veja os 3 gols no GloboEsporte.com). Outro que foi bem: Eduardo Costa, que muitos consideram brucutu. Jogou ali na cabeça-de-área, praticamente como um líbero à frente dos três zagueiros. O tricampeão brasileiro acordou? Já não era sem tempo. Resta saber se jogará assim na volta das oitavas da Libertadores, contra o mesmo Cruzeiro, no mesmo bat-estádio.

Em outro jogo de grande público, Flamengo 2×1 Atlético Paranaense. 71 mil pessoas viram a reestreia de Adriano com a camisa do Flamengo. E foram brindados com um gol do imperador (veja). É o ano dos camisas 9? O Brasileirão vai pegar fogo? A questão é que o líder Internacional venceu mais uma (2×0 no Avaí) e, mesmo de olho na Copa do Brasil, segue 100% no campeonato. O Vitória conseguiu vitória suada e importante sobre o Grêmio e está em segundo, 3 pontos atrás do Colorado. Na Vila, o Peixei derrotou os reservas do Corinthians e também está no G-4, como o Náutico, que empatou com o Flu. O Galo deu uma brecada, ao empatar com o Santo André, sábado, no Mineirão. Obina marcou pelo Palmeiras, que ficou no 2×2 com o Barueri do Pedrão.

COPA 2014 – Confirmadas as 12 cidades que devem receber jogos da copa. Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba,  Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio, Salvador e São Paulo.  Hoje no Morumbi o povo participou da festa do anúncio de São Paulo como uma cidade-sede, com a troca de quilo de alimento por ingresso. A questão é saber se na Copa 2014 o povo brasileiro terá vez no estádios. Pelo menos isso. Porque a conta de tanta obra certamente sobrará para o bolso do contribuinte.

Voo 666 com destino à casa do fã do Iron

[clearspring_widget title=”Iron Maiden – Flight 666″ wid=”49dc8b365684401c” pid=”49f47d62371777af” width=”280″ height=”480″ domain=”widgets.clearspring.com”]

Saiu agora, em 25 de maio, em DVD duplo, aquele documentário sobre a turnê do Maiden: “Flight 666”, que teve pré-estreia mundial no Rio de Janeiro. Nas lojas, também um CD duplo com a trrilha sonora do filme. Ou seja, clássicos da banda. Neste widget aí de cima, dá para ver, ouvir, jogar… Se sobrar tempo, leia outros textos do blogo sobre o Iron clicando aqui.

Os superclássicos da rodada. E as “12 ELEITAS” para a Copa de 2014.

Será que o Brasileirão engata uma terceira marcha na quarta rodada? Vejamos. Sábado, tem Botafogo x Sport, já sem o técnico Nelsinha Batista, 1 título pra cada lado. Domingo, no Maraca, o Flamengo deve contar com a estreia de Adriano, o imperador. Jogo de seis conquistas em campo, 5 do Fla contra 1 do Atlético Paranaese. Na Vila Belmiro, outras seis conquistas no gramado: bi,o Santos turbinado pela goleada sobre o Flu faz o clássico paulista contra um tetra, o Corinthians, certamente cheio de reservas. O Morumbi vai receber mais de 40 mil pessoas para um superclássico com 7 Brasileirões somados: o São Paulo hexa e o Cruzeiro, grande campeão em 2003. ingresssoMais um São Paulo x Cruzeiro, entre os dois jogos de mata-mata pela Libertadores. O que poderia ser um clássico desperdiçado pela tabela, infeliz, esquentou por uma boa iniciativa de marketing. Uma promoção de troca de alimentos por ingressos, para saudar o anúncio de São Paulo como uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. E diga-se que os 40 mil ingressos dessa promoção acabaram rapidamente. Junte com os 15 mil torcedores que têm ido ao Morumbi em jogo de fim de semana  e teremos um grande público. Perfeito. Espero que o tempo e os times colaborem para um belo espetáculo. Um “jogo de seis pontos”, já na 3ª rodada, alguém duvida? 

Por falar em 2014, o blog do jornalista Ancelmo Gois banca as cidades escolhidas para sediar os jogos da milionária Copa. Segundo a coluna do jornal O Globo, as 12 eleitas são: Rio, S.Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Cuiabá, Manaus, Fortaleza, Salvador, Recife e Natal. O anúncio oficial é domingo, 15h30, no Caribe.

Sem sugerir a exclusão de nenhuma cidade, Fut Pop Clube lamenta que Belém não esteja na lista. Uma cidade que possui bom estádio (Olímpico Mangueirão) e torcidas grandes e apaixonadas como as de Remo e Paysandu. Uma pena!

1919 – a Seleção ganha o Sul-Americano. E a música, o clássico “1×0”.

29 de maio de 1919. Decisão do Campeonato Sul-Americano. Estádio das Laranjeiras abarrotado por 28 mil pessoas. O Brasil ganha do Uruguai por 1×0 e fatura seu primeiro grande título. Gol de Friedenreich, o Tigre, então artilheiro do Clube Atlético Paulistano.

Novo livro do Roberto Sander
Novo livro do Roberto Sander

Pixinguinha e Benedito Lacerda compõe o sensacional chorinho “1×0”, instrumental. Nem o amigo Beto Xavier, autor do livro “Futebol no País da Música” , nem o pessoal do programa “Bate-Bola”, da ESPN, que o adotou como tema musical de encerramento, devem saber ao certo quantas são as dezenas de versões do clássico de Pixinguinha e Benedito Lacerda já gravadas. Uma delas, de Nelson Angelo, nos anos 90, acrescentou uma linda letra à “1×0”. Casamento perfeito.

Pixinguinha e  “1×0” são temas de um post do excelente blog O Gol de Letra (“o jogo faz parte do nosso show” ), da dupla Janaína Lazzaretti e Fernanda de Andrade. Eu recomendo a navegação. E o título conquistado nas Laranjeiras acaba de ganhar um livro de Roberto Sander – Sul-Americano de 1919 – Quando o Brasil descobriu o Futebol (Maquinária Editora). Ainda não me deparei com o livro, mas do Roberto Sander, autor de Anos 40-Viagem à Década sem Copa e de Os Dez Mais do Flamengo só dá para esperar pesquisa e texto de primeira!

Time sul-americano pode bater este Barça?

É mais-que-um-clube. O Barcelona é um clube-estado, um clube-nação. Que se dá ao luxo de ter um Mini Estádio,  ao lado do imenso Camp Nou, para 98 mil pessoas, o maior da Europa. Que fatura algo como 876 milhões de reais numa temporada (gráfico publicado no Lance! 26/05/09) e pode perfeitamente sonhar com o bilhão, enquanto o clube brasileiro mais rico fica na faixa de 160 milhões de reais (leia no Blog do Nori). Por isso, tem que ser valorizada (e muito) uma conquista sul-americana sobre um clube como o Barça. Em 92, o São Paulo de Telê e Raí conseguiu. Valeu! Em 2006, o Internacional de Abel, Fernandão e também Adriano Gabiru repetiu a dose. Parabéns! E este ano? Conseguirá o campeão da Libertadores fazer frente ao que os espanhóis consideram o melhor Barça de todos os tempos? O tempo dirá. Anote: este ano o Mundial de Clubes será disputado em Abu Dabhi, Emirados Árabes Unidos, entre 9 e 19 de dezembro.

Kléber x Miranda. O cruzeireNse saiu na frente. Miranda foi convocado. Foto: divulgação/VIPCOMM
Kléber x Miranda. O cruzeirense saiu na frente. Miranda foi convocado. Foto: divulgação/VIPCOMM

Nas primeiras partidas das quartas-de-final da “prima latino-americana” da Champions, o Grêmio voltou de Caracas com um empate com gol marcado fora de casa. Se passar pra semifinal, pega o vencedor do confronto São Paulo x Cruzeiro. No tal jogo de 180 minutos, o Cruzeiro vai vencendo por 2×1, mas aquele golzinho do Wasshington marcado fora de casa pode fazer diferença. Para seguir em frente, basta ao campeão brasileiro uma vitória por 1×0 no Morumbi, 17 de maio. Mas para isso vai ter que jogar muito mais, ter uma saída de jogo melhor, não rifar bola toda hora, ficar mais no campo cruzeirense, finalizar mais – e fazer menos faltas. Está muito chato ver o São Paulo 2009.

COPA DO BRASIL – Tem taça em jogo, mas vale especialmente pela vaga na Libertadores 2010. Na chamada semifinal do centenário, o Inter está em vantagem. 3×1 sobre o Coritiba, que joga a próxima em casa. Na chamada semifinal do “eu sou você amanhã”, o Corinthians voltou do Maraca lotada com o 1×1 contra o Vasco e pode empatar sem gols no Pacaembu que garante a segunda final seguida. Chama a atenção a pedreira que é vencer o time de Mano Menezes até quando ele joga fora de casa, quanto mais no seu estádio predileto. Perdeu no Pacaembu para o Inter no começo do Brasileirão, mas com muitos reservas em campo.

Há 25 anos…

flamula_fluminense_fcPaulo Vítor, Aldo, Duílio, Ricardo Gomes e Branco; Jandir, Delei e Romerito; Tato, Washington e Assis. Com esse time, o Fluminense treinado por Parreira se sagrou campeão brasileiro em 27 de maio de 1984, após dois jogos decisivos contra o Vasco: 1×0 e 0x0. O blog Memória E.C. tem um especial sobre o aniversário da conquista, incluindo compactos das finais.  Vale navegar.

92 06 09 (*)

Jogadores e seguidores do Barcelona são tricampeones da Europa. Na final da Champions League, o campeão espanhol superou com folga o campeão inglês, tomou do Manchester United o título europeu e chegou à sua tríplice coroa. É o primeiro clube espanhol a conseguir campeonato nacional, Copa do Rei e Liga dos Campeões na mesma temporada. Depois de 8 minutos de pânico no começo do jogo, pela direita o umbarauma Eto´o aproveitou passe de Iniesta e abriu o placar. Parabéns, Eto´o Maravilha, nós gostamos de você. Em seguida, o Barça já botou o Manchester na roda. No segundo tempo, Xavi lançou na área e o baixinho Messi subiu livre, até desengonçado, e sacramentou: 2×0. Site da ESPN brasileira tem os gols! Agora, com todo respeito, Sir Alex Ferguson, que desperdício deixar um jogador talentoso e raçudo como Tevez no banco… Facilitou para Guardiola, campeão como jogador em 92 e técnico agora.

Da loja oficial do Barça

Se o Barça daquele ano era lá considerado Dream Team (estive na cidade pela primeira vez em 98,havia muita memorabilia de 92) imagina agora… La Vanguardia, da Catalunha, abre manchete online: El mejor Barça de todos los tiempos conquista Roma. El País: Roma corona al mejor equipo del mundo. O madrilheno Marca aplaude: El Imperio Azulgrana lo conquista todo. Diário As: ¡¡¡Triplete!!!. E pensar que se não fosse aquele gol do Iniesta no finzinho do segundo jogo contra o Chelsea, hein? Mas um time que faz 157 gols, que numa temporada goleia Lyon, Bayern,  Real em pleno Bernabeu, Bilbao em final de Copa do Rei, tem mais é que ser campeão.

(*) título do post (92 06 09) depois do 92 93 05 criado pelo publicitário Rui Branquinho.

A CAMPANHA > Continuar lendo “92 06 09 (*)”