Novo distintivo: US Soccer

A federação americana de “soccer” tem um novo escudo.
12743487_10153747954983941_1215442355594898059_n
O designer Tal Leming criou o tipo 90Minutes especialmente pro novo distintivo das seleções americanas. Gostei do jeito retrô.

//platform.twitter.com/widgets.js

Os Estados Unidos vão sediar a Copa América Centenário, em junho. Continuar lendo “Novo distintivo: US Soccer”

Recorde de público do #soccer nos EUA

https://www.facebook.com/IntChampionsCup
https://www.facebook.com/IntChampionsCup
10345732_10152340506247746_7608577332330955514_n
https://www.facebook.com/manchesterunited

Não é à toa que o Michigan Stadium tem o apelido de Big House. O jogaço entre Manchester United e Real Madrid, pela International Champions Cup, bateu o recorde de público do #soccer nos EUA. 109.318 espectadores. O ManUtd venceu, por 3 a 1, com show de Ashley Young. Pelo lado madridista, destaque para Gareth Bale. A marca anterior era de 101.799 na decisão da medalha de ouro no futebol, nos jogos de Los Angeles, em 1984, no Rose Bowl (França 2×0 Brasil). Esse campo de futebol cercado por torcedores de todos os lados, mais as multidões que se reuniram nas grandes cidades americanas para acompanhar em telões os jogos do US Men National Team na Copa do Mundo de 2014, mostram que o #soccer está crescendo muito nos Estados Unidos. Tanto que isso já irrita as mentes conservadoras. A Major League Soccer tem a 9ª melhor média de público do mundo: 18.743 pessoas/jogo, contra 14.951 do Brasil – dados da Pluri Consultoria. Na temporada que começa em 2015, chegam Kaká (Orlando City), David Villa, Frank Lampard (New York City FC) etc. No post anterior, destacamos que o Seattle Sounders está entre os três times com maior média de público nas Américas. Continuar lendo “Recorde de público do #soccer nos EUA”

“Duelo de Campeões” | “The Game of Their Lives”

duelo de campeões
Belo Horizonte, 29 de junho de 1950. Num jogo contra a Inglaterra, os Estados Unidos aprontaram uma das maiores zebras da história das Copas, no 1º mundial organizado no Brasil. A seleção americana de “soccer” derrotou os inventores do futebol por 1 a 0, no estádio Independência,  em Belo Horizonte. Gol de Gaetjens, um imigrante haitiano. A curta saga dessa seleção americana é romanceada no filme americano “Duelo de Campeões”, disponível em DVD– o título original, “The Game of Their Lives” (o jogo da vida deles) é mais legal.
Em 1950, o English Team era um dos grandes favoritos. E a seleção americana na época foi armada quase às pressas, juntando atletas de Saint Louis e costa leste, segundo o filme.  Por aí dá para ter ideia da zebraça que foi EUA 1 x 0 Inglaterra em 1950.
“Duelo de Campeões”, ou “The Game of Their Lives”, tem algumas locações no Brasil. Vamos até descontar o fato de as cenas do duelo entre americanos e ingleses serem filmadas no estádio das Laranjeiras, no Rio, como se fosse o local da partida na vida real: o estádio Independência, de BH, que nos últimos anos foi totalmente reformado.
É uma boa sessão da tarde, com aquele tom épico hollywoodiano. E pensando bem, o jogo da vida daqueles 11 entusiastas do “soccer” merecia mesmo virar filme.
Leia também: doc sobre o New York Cosmos e outros filmes sobre futebol.