Bayern, 50 anos de Bundesliga!

Bayern, 50 anos de Bundesliga!
www.fcbayern.de/  Franz Beckenbauer aparece ao lado do goleiro Sepp Maier.
http://www.fcbayern.de/ Franz Beckenbauer aparece ao lado do goleiro Sepp Maier.

Sepp Maier, o capitão Kunstwadl, Olk; Grosser, um jovem Franz Beckenbauer (18 anos), Borutta; Nafziger, Gerd Müller, Ohlhauser, Drescher, Brenninger. São alguns dos heróis de 1965 do Bayern de Munique, que nesta sexta-feira lembrou – e muito – os 50 anos de acesso à Bundesliga. Não que o Bayern tenha sido rebaixado alguma vez. Nunca foi, assim como o Hamburgo, que tem um relógio contando os anos de praia, ou melhor, de primeira divisão.  É que o time vermelho da Bavária não foi convidado para disputar a primeira edição da Bundesliga, em 1963-64.  Os organizadores só queriam um time de Munique. E convidaram o rival do Bayern, o  1860, que era o campeão da regional Oberliga Süd, mas tinha menos pontos no ranking. Em 26 de junho de 1965, no jogo decisivo do play-off, o Bayern enfiou 8 a 0 no Tennis Borussia Berlin, que hoje está no quinto nível do futebol alemão (vai disputar a NOFV-Oberliga Nord em 2015-16). Veja um belo compacto do jogo, no estádio olímpico de Berlim, postado pelo canal do Bayern no You Tube, FCB-TV. Ohlhauser anotou quatro gols, Müller (“der bomber”) não poderia deixar de marcar também. Olha o Sepp e o Franz novinhos em 1965.

Não manja bolhufas de alemão, né? Nem eu. Mas o site do Bayern em inglês publicou uma série de 5 textos sobre a saga do acesso:

Cinco décadas depois, o todo poderoso tem 24 das 52 salvas de prata disputadas (fora um título em 1932. Portanto, 25 vezes campeão alemão). Aproveitou as cinco décadas do acesso para dar um desconto de 50% em alguns produtos retrôs – repare como o escudo do Bayern era diferente.
10986800_884365038301238_2094647734517424448_n Continuar lendo “Bayern, 50 anos de Bundesliga!”

Eurocopa

Capa da edição especial sobre a Euro 2012, da ‘Four Four Two’ brasileira

Começa nesta sexta-feira com Polônia x Grécia e Rússia x República Tcheca a décima-quarta edição da Eurocopa. Pra quem curte guias impressos de competições, está nas bancas uma revista especial sobre a Euro 2012, com o selo da “Four Four Two” (editora Alto Astral). Bem interessante. Alguns jogões para ver, nesta primeira rodada:

  • Holanda x Dinamarca, sábado, 13h de Brasília
  • Alemanha x Portugal, sábado, 15h45. Enfim, todos do grupo B!
  • Espanha x Itália, domingo, 13h
  • França x Inglaterra, segunda-feira, 13h

Confira a lista das seleções campeãs da Eurocopa, o campeonato europeu de futebol, que começou em 1960 como Copa das Nações Europeias.

  • 1960 – União Soviética
  • 1964 – Espanha
  • 1968 – Itália
  • 1972 – Alemanha Ocidental
  • 1976 – Tchecoslováquia
  • 1980 – Alemanha Ocidental
  • 1984 – França
  • 1988 – Holanda
  • 1992 – Dinamarca
  • 1996 – Alemanha
  • 2000 – França
  • 2004 – Grécia
  • 2008 – Espanha

Abaixo, uma fichinha da Eurocopa de 1980 (vencida pela Alemanha Ocidental), feita na época por um garoto maluco por futebol, que hoje vos bloga. A Euro 1980 foi a primeira a ter 8 seleções na fase final, disputada na Itália (em Roma, Milão, Turim e Nápoles). Na frente da ficha, o time-base das 8 seleções. Repare na escalação da Squadra Azzurra, treinada por Enzo Bearzot: Zoff, Scirea, Gentile, Baresi, Cabrini; Tardelli, Antognoni e Orialli; Causio, Bettega e Graziani. Base do time que em 1978 perdeu a decisão do 3º lugar no Mundial argentino para o Brasil – e arrepios nos fãs de Telê Santana como eu- da Squadra que enfrentou a seleção Canarinho, no velho estádio Sarrià do RCD Espanyol de Barcelona. Oito “calciatori” da Euro 1980 participaram daquela (para nós brasileiros) fatídica tarde de julho de 1982.


No verso, digo, dentro do post, os resultados das oito partidas da Eurocopa 80 (as seleções foram dividadas em dois grupos de quatro; as vencedoras de cada grupo jogariam a final, no Olímpico de Roma; as segundas de cada grupo disputariam o 3º lugar, no San Paolo, em Nápoles). Continuar lendo “Eurocopa”