É tetra! Uma seleção muito LEGal!

repost_temp
http://brickset.com/article/20592/german-football-cmfs-reviewed-already

A seleção alemã, tetracampeã mundial em 2014, vai ganhar uma versão Lego. Dezesseis bonequinhos de montar chegam às lojas alemãs, suíças e austríacas no meio de maio. Neuer, Boateng, Hummels, Höwedes, Mustafi, Schweinsteiger, Khedira, Kroos, Özil, Götze, Reus, Thomas Müller, Schürrle, Kramer e Kruse viraram ‘minifigures’ da Lego. Eles já têm o uniforme novo e a quarta estrela acima do distintivo. Nem o técnico Joachim Löw foi esquecido. Confira a “entrevista coletiva” na animação da Lego.

Continuar lendo “É tetra! Uma seleção muito LEGal!”

O futebol brasileiro precisa de uma revolução, como a do #fussball.

http://www.panenka.org/
http://www.panenka.org/

É ótima a capa de abril de 2012 da revista “Panenka”, publicada em Barcelona. No texto que abre o dossiê sobre o futebol alemão na “Panenka” #7, de Raphael Honigstein e Aitor Lagunas, o alarme soou em 1999, depois da derrota de 3×0 para Croácia nas quartas de final do Mundial de 1998, na França (a seleção croata, com o artilheiro Suker, terminaria em 3º lugar).

Outras reportagens dizem que a mudança começou em 2000, depois da eliminação na primeira fase da Eurocopa. Não importa muito a data, o que importa é conhecer algumas medidas tomadas:

  • abertura de 121 centros de formação de jogadores, inspirados na academia de jogadores da França, Clairefontane
  • todos os clubes da primeira e da segunda Bundesliga foram obrigados a ter categorias de base

Hoje são 366 centros de treinamento, para 25 mil jovens alemães, com 1.000 técnicos, segundo a reportagem do correspondente do Estadão, Jamil Chade. Uma das revelações? Thomas Müller.

Um texto do “Lance!” esta semana lembrou que a Alemanha ganhou a Euro sub-21 em 2009 (4×0 na final contra a Inglaterra). No elenco, já estavam Neuer, Boateng, Hummels, Höwedes, Khedira, Özil.

Sem falar na média de público da Bundesliga, o campeonato alemão. 45 mil pessoas por jogo. Tenta comprar na internet ingresso para um jogo do St. Pauli, clube cult da segunda divisão. Tudo lotado.

O Brasil está vazio na tarde de domingo, como diz o samba de Milton Nascimento e Fernando Brant, mas aqui não é mais o país do futebol.

Há muito tempo.

Arsenal 14-15.

Atualizado em setembro de 2014

O atacante Danny Welbeck, ex-Manchester United, fechou com os gunners no último dia de transferências. Vai usar a 23 do Arsenal.

Continuar lendo “Arsenal 14-15.”

Mercado da bola

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fechou a janela, acabou a novela. Gareth Bale é galático. O Real Madrid pode ter pago 100 milhões de euros para tirar o galês do Tottenham Hotspur.
No último dia de negócios no futebol europeu, Kaká acertou sua volta para o Milan, onde foi mais feliz e é adorado pela torcida.
Outro ex-blanco mudou de time. Özil é gunner, festejou o Facebook do Arsenal. Continuar lendo “Mercado da bola”

Real Madrid grita “Campeones”pela 32ª vez na liga espanhola (2011-2012)

Bom, depois da vitória no grande “Clásico” em pleno Camp Nou, ficou fácil advinhar…
image
Banderín (flâmula) do  Real Madrid Club de Fútbol, campeão espanhol pela 32ª vez. Já venceu 30 partidas. Marcou 115 gols… (46 de CR7, 22 de Higuaín e 20 de Benzema). Ainda faltam 2 rodadas para Cristiano Ronaldo tentar passar na frente de Messi (que tem assombrosos 46 gols no campeonato). A tradicional comemoração dos “blancos” na fonte de Cibeles, em Madri, será amanhã (quinta-feira), às 19h.

Continuar lendo “Real Madrid grita “Campeones”pela 32ª vez na liga espanhola (2011-2012)”

Uma seleção do mundo

Casillas, Julio Cesar, Maicon, Daniel Alves, Lahm, Puyol, Xavi, Xabi Alonso, Iniesta, Fabregas, Sneijder, Özil, Schweinsteiger, Cristiano Ronaldo, Diego Forlán, Robben, Messi, Klose, Thomas Müller, Drogba, Gyan, Eto´o e Villa Maravilla.
Uma seleção da última Copa do Mundo diz presente na pré-lista dos 23 que concorrem à Bola de Ouro 2010, agora oferecida em conjunto pela Fifa e France Football. Em 6 de dezembro, serão anunciados os 3 finalistas. E em 10 de janeiro, o grande vencedor. No feminino, pode dar Marta.
Só faltaram a musa Larissa Riquelme, a Jabulani e a Vuvuzela…