Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.

Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.
Aí, Steve Harris, o time de futebol do Iron Maiden poderia jogar com esse uniforme bolado pelo Matheus Viana…

A temporada 2017-18 do campeonato inglês começou com um jogão, sete gols, duas viradas: Arsenal 4×3 Leicester City. Aproveito a primeira rodada da Premier League da vida real para compartilhar um golaço do designer brasileiro Matheus de Souza Viana. Ele “viajou” (no bom sentido e entre aspas) criando camisas de futebol e distintivos para 20 bandas de rock inglesas, dos Beatles aos Arctic Monkeys. Saiu antes na página Idea Fixa (que me foi indicada pelo batera Vlad Rocha).

Pra começar, o designer botou uma coroa em forma de cabelo moicano, do leãozinho da Premier League, que você pode ver na imagem destacada, no alto deste post. E chegou a incluir nos “mantos sagrados” das sacrossantas bandas as marcas de fornecedores habituais de equipamento esportivo (adidas, Nike, Puma, Umbro) e até patrocinadores de peito, ligados a marcas de equipamentos musicais, como fabricantes de guitarras (Fender, Gibson, Rickenbacker, Epiphone). Demais! O campeonato de bandas imaginado pelo designer Matheus Viana tem muito classic rock entre os favoritos ao título: Beatles, Stones, Who, Queen…

Este slideshow necessita de JavaScript.

É um trabalho pessoal do Matheus Viana, um exercício criativo, sem patrocínios nem fins lucrativos, ou seja, não vão ser vendidas camisas com esse visual. Olha as ideias

A ideia é brincar com a hipótese de misturar o futebol e o rock’n’roll, pensando em como poderia ser o campeonato inglês de futebol se fosse disputado por bandas inglesas de rock”, explica o designer.

Então, vejam como seriam os visuais do triunvirato do rock pesado inglês do final dos 60 -Sabbath, Led, Purple- e o progressivo Pink Floyd, do Roger Waters, um fanático torcedor do Arsenal.

O Lemmy não estava nem aí para futebol, mas o pesado e rápido Motörhead também entra na liga virtual do Matheus Viana, além dos punk rockers do Clash (Joe Strummer é dos blues, torcedor do Chelsea) e dos Sex Pistols (John Lydon fanático gunner, Steve Jones e Paul Cook, também eram blues).

Será que nos estádios desse campeonato virtual, o fã-clube do Police adotaria “Every Breath You Take” como uma espécie de “You’ll Never Walk Alone”?

Home Kit imaginário do The Police, por Matheus Viana.

Repare nas mangas da imaginária camiseta do Joy Division – o designer Matheus Viana se inspirou na capa do discão “Unknown Pleasures”.

Mais ideias criativas dentro do post.

Continuar lendo “Premier League, Rock Edition. Designer brasileiro junta futebol e rock numa coleção imaginária de camisas.”

Futebol, comida e rock´n´roll

ROCK_FLU_final
Os amigos do Rock Flu chegaram ao programa 101. E nessa edição histórica, Gustavo e Serginho convidaram os apresentadores do programa “Cozinha Tricolor”, que está na rede e mistura receitas com futebol (mais exatamente, Fluminense).

Pra completar a trilogia, os compadres do Rock Flu mandam ver Massacration, Led, Van Halen, Titãs, Smashing Pumpkins, Weezer, Os Replicantes, Casa das Máquinas etc.

Para ouvir, clique aquihttp://www.rockflu.com.br/

“Rock é Rock Mesmo”

allmovie.comEra o título brasileiro do filme-concerto do Led Zeppelin feito para os cinemas, “The Song Remains the Same”, registro de concertos no Madison Square Garden.  No documentário “A Todo Volume”, em cartaz na Mostra de Cinema de SP, Jimmy Page conta que sua guitarra de dois braços foi feita por causa da épica balada “Stairway to Heaven”. Continuar lendo ““Rock é Rock Mesmo””

Guitarras na tela. “A Todo Volume”.

it might get loud Jimmy Page, Jack White e The Edge. Três heróis da guitarra de diferentes gerações do rock num mesmo filme.  “It Might Get Loud” deve ser lançado no Brasil em 6 de novembro, com o nome de “A Todo Volume”. O doc, de 2008, passou em festivais (Sundace, Berlim, Toronto, Rio). O diretor é Davis Guggenheim (o mesmo do filme do Al Gore sobre clima…). Mas a julgar pelo trailer dá para ficar ansioso. O produtor Thomas Tull diz que a diferança de outros documentários de concertos é que “It Might Get Loud” tenta mostrar a relação entre essas três feras e suas guitarras.

Veja aqui salas e horários das próximas sessões na Mostra de Cinema de São Paulo.

E vem aí um filme sobre os White Stripes. Under Great White Northern Lights. Estreou no festival de Toronto, em setembro de 2009. Continuar lendo “Guitarras na tela. “A Todo Volume”.”

Longa vida à Les Paul (1915-2009)

TheLog1Guitarristas de verdade, de papelão e air guitarrists de todo o mundo lamentam a morte do músico, inventor e compositor Les Paul, aos 94 anos. Em 1941, ele bolou a primeira guitarra de corpo maciço. Em 52, veio o clássico modelo Les Paul, fabricado pela Gibson. Muito usado por heróis da guitarra como Jimmy Page (Led), Jeff Beck, Pete Townshend (The Who), Adrian Smith (Iron Maiden), Slash… No 4º DVD da coleção A História do Rock´n´Roll, o capítulo 7 da série,1959%20LP%20Standard Heróis da Guitarra, mostra um trechinho de show de 1994, na House of Blues. Guitarristas de três gerações tocaram ao lado de Les Paul. “Sempre que estou com problemas, eu pego minha guitarra e toco”, disse Les Paul.

Você se lembra de quem mais arrasou tocando uma Les Paul? Escreva em DEIXE UM COMENTÁRIO. Valeu.

Novo DVD do Nirvana

nirvanasleeve_L30809O Jonathas Formagio, colaborador do excelente sítio Nirvana Live Guide, deu a dica para uma notícia que está no NME: vem aí (em 2 de novembro) o DVD e CD Live At Reading, com o show do trio de Kurt Cobain no festival inglês, em 30 de agosto de 92. A informação surgiu depois do anúncio do lançamento (em maio) do mesmo show num DVD pirata, chamado Life Takes No Prisoners. Melhor esperar o oficial, áudio 5.1, extras…

Repertório do show, segundo o Nirvana Live GuideContinuar lendo “Novo DVD do Nirvana”