Mostra CINEfoot no Canal Brasil (2017)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Começou com o grande documentário sobre João Saldanha a segunda edição da Mostra CINEfoot, no Canal Brasil. Até o fim de novembro, toda quinta-feira, às 19h, tem longas, médias e curtas selecionados por Antônio Leal, do CINEfoot – com reapresentação às terças-feiras, 13h30.

Um belo esquenta para a edição 2017 do festival CINEfoot nos cinemas! No Rio, de 23 a 28 de novembro. Em SP, deve ser no começo de dezembro.

Completa esta primeira sessão, hoje, às 13h30, o curta “Três no Tri”.
Dentro do post, as sinopses dos filmes de acordo com o site do Canal Brasil.

Continuar lendo “Mostra CINEfoot no Canal Brasil (2017)”

Repescagem


A expressão que é mais usada para definir sistemas de disputas de torneios esportivos também define uma segunda chance para o torcedor, ou melhor, para o espectador ver alguns filmes da Mostra de Cinema de São Paulo – até quarta-feira, 7/11/2012. Bons programas para quem passa o feriadão na metrópole – mais vazia.

O “Mundial” de 1942 tem até cartaz oficial, no filme italiano

E é bom saber que o filme mencionado aqui no Fut Pop Clube, A Copa Esquecida (Il Mundial Dimenticato), ganhou um dos prêmios de público do festival. A película de Lorenzo Garzella e Filippo Macelloni buscou inspiração no conto “El Hijo de Butch Cassidy”, do escritor e jornalista argentino Osvaldo Soriano (*1943/+1997), torcedor do Ciclón, o San Lorenzo. Trata-se de um “mockumentário”, um falso documentário sobre a suposta Copa do Mundo disputada na Patagônia, em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial. E o resultado é muitas vezes hilário… como as cenas que mostram as criativas câmeras usadas para “documentar” o “Mundial”… os gols impossíveis… o jeito com que os “juízes” expulsam jogadores de campo… e a figura roliça de certos “jogadores”. Aspas são uma boa mesmo para definir “Uma Copa Esquecida” (como fez o “Estadão”): um “documentário” entre aspas – talvez um pouco como o “Zelig” de Woody Allen, mas pra mim os italianos chegaram a resultado mais legal.  E não é indicado apenas pra quem gosta de futebol e de filmes de futebol, não. Basta entender o humor das cenas. Tinha gente se esbaldando de dar gargalhada na sessão que eu vi.

O que também foi muito engraçado na sessão foram as cenas que discutem o uso de imagens na decisão de lances duvidosos para a arbitragem. Na semana em que o Brasil discutiu a anulação do gol de mão de Barcos, no jogo entre Internacional x Palmeiras, foi no mínimo curioso ver um “jogo” do “Mundial” de 42 parado por uma hora, para que um filme seja revelado e o juiz tome a sua decisão sobre um lance, com direito a depoimento canastrão de Gary Lineker. Coincidência? No futebol italiano, no mundo todo, as decisões da arbitragem geram cada vez mais controvérsia.

Em tempo: “A Copa Esquecida” passa de novo nesta quarta-feira, 7 de novembro, às 17h40, no CineSesc.

Veja o trailer do premiado “documentário” italiano.

Continuar lendo “Repescagem”