Curta o curta: “Futebol é Pai”, filme de Lina Chamie para o projeto Cores do Futebol.

10440667_284922571679039_6755774075325862740_n
O pai torce pra um time, o filho vai torcer pro mesmo. Só que não. Às vezes…
Olha o caso do personagem deste curta-metragem da diretora Lina Chamie, “Futebol é Pai“, um dos filmes produzidos pela SescTV para a série Cores do Futebol, proposto pela Global Media Exchange e pela TAL (Televisão América Latina). A diretora e roteirista Lina Chamie é fanática torcedora do Peixe. Ela que dirigiu “Santos, 100 Anos de Futebol Arte – O Filme”. Aqui, LIna acompanha o jovem torcedor num rolê pelo Memorial das Conquistas do Santos e leva o garoto para ver um jogo do Peixe na Vila famosa pela primeira vez. Primeira de muitas, certamente.

  • Direção: Lina Chamie
  • Concepção: TAL TV
  • Realização: SescTV

Que camisa maneira esta de goleiro do garoto, hein? O projeto Cores do Futebol foi lançado na época da Copa do Mundo, mas ainda dá para curtir os seus outros curtas.
Continuar lendo “Curta o curta: “Futebol é Pai”, filme de Lina Chamie para o projeto Cores do Futebol.”

Renner: “Uma vez Para Sempre”

Mais uma dica do colecionador Domingos D´Angelo, do MemoFut, grupo que discute a memória e literatura do futebol. Saiu  “Uma Vez para Sempre”, novo livro de Francisco Michielin, sobre o extinto Grêmio Esportivo Renner, campeão gaúcho em 1954. O time de Porto Alegre revelou o goleiro Valdir Joaquim de Moraes (mais tarde, da Academia do Palmeiras, grande treinador de goleiros), Ênio Andrade (meio-campo e depois grande treinador) e Breno Mello (artilheiro, participou até de filme). Depois da taça do Renner, em 54, apenas a dupla Ca-Ju andou tirando o Gauchão da hegemonia colorada e tricolor (o Juventude em 98 e o Caxias em 2000). Fut Pop Clube tem imenso interesse e respeito pela história dos clubes extintos ou que fecharam o departamento de futebol. Parabéns ao autor, Michielin, médico e escritor apaixonado por futebol. E obrigado ao pessoal do MemoFut pela dica.

P.S. – Existe um documentário sobre o Renner, “Papão de 54”, filmado pela Estação Elétrica. Dá para ver o trailer no You Tube. Lembro-me também que o Renner e seus ídolos apareceram numa série de reportagens do Tino Marcos para o Globo Esporte, em 2007: “Órfãos da Arquibancada”.