Em cartaz: “O Clã”.

Gostaria de dar outra dica de cinema. Por certo bem mais pesada que o documentário sobre Chico Buarque (post anterior).

12294774_848064911957808_8014237089825309707_n
Classificação: 16 anos

“O Clã” (El Clan), de Pablo Trapero, conta em ritmo quase alucinante a história (real) dos Puccio, uma família de classe média argentina. O chefe da clã, Arquímedes Puccio, com passado de serviços aos milicos da sangrenta ditadura argentina, comandou clandestinamente já nos primeiros anos do governo Alfonsín um esquema para sequestrar gente rica, com o único objetivo de extorquir dinheiro e assim sustentar uma confortável vida de classe média. Mulher e quase todos filhos do casal ou faziam vista grossa ou participavam, de alguma maneira. Um dos filhos arrisca a carreira como jogador da seleção de rugby (os Pumas) participando das ações, que muitas vezes tinham como alvos amigos ou conhecidos da família. Vai viver um imenso dilema pessoal. Detalhe: o cativeiro das vítimas era na própria casa dos Puccio. Preste atenção nas constantes varrições que Arquímedes faz na calçada. Era pra ajudar a abafar os gritos dos reféns. Tenso filme de suspense, que deixa claro o terror psicológico e físico a que eram submetidos os sequestrados. Como no hit argentino da temporada passada, “Relatos Selvagens”, “O Clã” tem alguns dedos da produtora El Deseo, de Almodóvar.

Trapero levou o Leão de Prata de melhor direção em Veneza. O desempenho do Guilhermo Francella (vilão aqui, vítima em “O Segredo dos Seus Olhos”) como o psicopata Arquímedes Puccio é de Oscar. E a trilha sonora é muito boa: The Kinks, Creedence Clearwater Revival, Ella Fitzgerald and The Inkspots, David Lee Roth, e as bandas argentinas Seru Giran e Virus. Continuar lendo “Em cartaz: “O Clã”.”

“Amando a Maradona” na TV

amando a maradona

Um documentário muito doido sobre o “Pibe”, exibido anos atrás na Mostra de Cinema de São Paulo, “Amando a Maradona” é o cartaz da sessão Cone Sul, do Canal Brasil. Na madrugada de domingo para segunda, à 0h02, com reprise na terça, também de madruga, às 04h03.

É importante não confundir com o filme do Kusturika, que deu sua visão pessoal sobre “El Diez”.

Este, de Javier Vázquez, é de 2005 e ainda mais radical na paixão pelo personagem. Você já viu o “Flight 666”, sobre o Iron Maiden?  Lembra da cena de um padre brasileiro todo tatuado? É mais ou menos por aí.  Igreja Maradoniana, casamento no estádio Diego Armando Maradona, do Argentino Juniors, o clube que revelou Diego, torcedores completamente fissurados por vida e obra do “Pibe”.

Vale a pena conferir tanta loucura. Aqui, o trailer. Continuar lendo ““Amando a Maradona” na TV”

Um Paralama no cinema

Herbert de PertoQuem poderia imaginar que aquele trio que ensaiava no apê da Vovó Ondina…. que tocou na praça de alimentação do BarraShopping, no comecinho dos anos 80, embalado pelo sucesso de Vital e Sua Moto nas rádios cariocas…  que teve fitas demo tocadas na saudosa Rádio Fluminense FM, a Maldita…  que achava que o máximo seria tocar no Circo Voador… enfim, quem poderia imaginar que os Paralamas fariam tanto sucesso? No meio do caminho, um acidente de ultraleve, que provocou a morte de Lucy, esposa de Herbert, e deixou paraplégico o guitarrista, vocalista e compositor. Quase tudo isso está no emocionante doc Herbert de Perto, em cartaz nos cinemas desde sexta-feira, 9/10/09. Continuar lendo “Um Paralama no cinema”