Rio 2016: o rádio esportivo brasileiro, no pódio.

20160814_135222-ANIMATIONDécimo terceiro dia de Olimpíada. Falta pouco para terminar. Vamos sentir falta do festival de grandes atletas de tantas modalidades, tudo ao mesmo tempo agora. É uma maratona de enlouquecer o torcedor que está no Rio e o “da poltrona”! “Trocentos” canais de televisão transmitindo de futebol masculino e feminino a badminton. Mas eu queria falar do rádio, grande amigo do torcedor em trânsito, seja dentro de sua cidade, seja na estrada. Foi bom demais ouvir emissoras AM e FM transmitindo na íntegra partidas de basquete ou vôlei das seleções brasileiras! Um belo esforço de várias redes, cadeias verde-amarelas e sistemas de rádio! Até AM de Porto Alegre -que há muito tempo eu não ouvia no dial- consegui sintonizar na via Dutra! O rádio salvou a sede de informação de quem viajava para ou de volta da cidade olímpica.   Continuar lendo “Rio 2016: o rádio esportivo brasileiro, no pódio.”

Massa!

Sou alucinado por música, esportes, especialmente futebol, e cinema – e adoro os filmes de animação, de tudo quanto é técnica, como as das diversas sessões que vi no Anima Mundi 2012. Agora, quando um produto reúne duas ou mais dessas artes, aí então eu fico louco. Como as animações produzidas pelo site do jornal inglês “The Guardian”, que recriam grandes momentos das competições em Londres, como a conquista do ouro de Bolt nos 100 metros. A equipe de animadores usou bonequinhos da Lego, e creio que usou a técnica do stop-motion, que filma a ação quadro a quadro. Neste link, mais uma jogada de primeira do pessoal do “Guardian”: melhores momentos do jogo de basquete entre EUA e França, com direito até à Marselhesa.