Que derby! Que rodada!

Rodada que viu o São Paulo líder por algumas horas, e mais alguns minutos, enquanto o Corinthians ficou à frente do placar no derby realizado em Presidente Prudente (um sol para cada jogador e para cada um dos espectadores). Rodada que viu o Cruzeiro no G4 na primeira etapa do jogão do Mineirão. Rodada que termina com Palmeiras mais uma vez na liderança, com os mesmos 58 pontos do São Paulo, mesmas 16 vitórias, mas maior saldo de gols – aí fazem diferença a goleada sobre o Goiás na quinta-feira e as magras vitórias tricolores. Atlético Mineiro em terceiro com 56, depois de levar 3 pontos no Serra Dourada. Flamengo com 54, após a vitória sobre o Santos com direito a dois pênaltis defendidos por Bruno. Domingo que vem, “só” tem Atlético Mineiro x Flamengo, superclássico que já decidiu Brasileirão.

Empate heroico do Palmeiras, duas vezes atrás do placar, com um a menos e sem Marcos, expulso ao cometer pênalti que Ronaldo converteu. O primeiro dos 2 gols do Fenômeno no derby. E mais uma vez um time de Muricy mostra força na bola parada (que continua a ser salvadora no seu ex-time, o São Paulo, 9 pontos seguidos graças a jogadas que começam em faltas ou escanteios que, claro, fazem parte do jogo e valem do mesmo jeito).

Parada dura tem o São Paulo na próxima rodada: Grêmio, no Olímpico, quarta-feira. Parada dura tem o Palmeiras na próxima rodada: Fluminense, no Maracanã, domingo. Quem olha pra tabela e só considera jogos complicados os confrontos diretos entre os primeiros, está redondamente enganado. Olha o Inter, que hoje perdeu 1 posição ao ser derrotado pelo Botafogo, que briga para se distanciar da “zona”. Olha o Cruzeiro, que dominou amplamente o primeiro tempo no Mineirão, fez 2 gols, perdeu um pênalti… tomou a virada do Flu no segundo tempo (2 gols do Fred, torcedor declarado da Raposa) e caiu para o sexto lugar. Foi uma virada heroica do Fluminense, que quebrou série de 5 vitórias cruzeirenses e deixou a lanterna com o o Sport. No Clássico dos Clássicos pernambucano, o Náutico venceu o arquirrival por 3 a 2. A briga lá embaixo para não cair também está emocionante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.