Seleção de camisas

Seleção de camisas

A adidas já apresentou as camisetas titulares das seleções classificadas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, que têm contrato com a marca. E como os sites especializados já vinham avisando, a linha é retrô, com um olho voltado para os anos 80 e 90, em especial, e muitos desenhos geométricos. Clique em qualquer foto abaixo para abrir a galeria.

Começando pela dona da casa.

Home kit. Rússia 2018, adidas.

A Rússia vai tentar sua primeira conquista Mundial com uma “home jersey” que lembra a camiseta usada na final do futebol olímpico, nos jogos de Seul, 1988. Os soviéticos levaram a medalha de ouro depois de derrotar por 2×1 a seleção olímpica brasileira, treinada por Carlos Alberto que tinha Taffarel, Jorginho, Geovani, Bebeto e o genial Romário. A URSS também foi campeã da primeira Euro, em 1960.
Mais seleções dentro do post! Continuar lendo “Seleção de camisas”

Bola de Ouro 2016: e os indicados são…

O prêmio Bola de Ouro, em 2016, volta a ser apenas da revista “France Football“, que divulgou hoje os 30 indicados. Só para variar (só que não), todos os indicados atuam em clubes europeus. Neymar é o único brasileiro da lista. Argentina e França têm quatro na lista cada: Messi, Agüero, Dybala e Higuaín representam a albiceleste e Griezman, Pogba, Payet e o goleiro Lloris representam a Équipe de France. Da Alemanha, campeã do mundo, há 3 indicados: Kroos, T. Müller e o goleiro Neuer.  Mesmo número de espanhóis (Iniesta, Ramos e Koke) e portugueses, campeões da Euro: o goleiro Rui Patrício, o zagueiro Pepe e o CR7.

Dificilmente o Ballor d’Or não ficará novamente com Cristiano Ronaldo, que além de campeão da Euro, ganhou mais uma Champions pelo Real Madrid – os blancos têm mais cinco jogadores na lista (o decisivo Sergio Ramos, Pepe, Modric, Kroos e Bale.

Messi, Suárez, Neymar e Iniesta representam o Barça no prêmio.

Continuar lendo “Bola de Ouro 2016: e os indicados são…”

É tetra! Uma seleção muito LEGal!

repost_temp
http://brickset.com/article/20592/german-football-cmfs-reviewed-already

A seleção alemã, tetracampeã mundial em 2014, vai ganhar uma versão Lego. Dezesseis bonequinhos de montar chegam às lojas alemãs, suíças e austríacas no meio de maio. Neuer, Boateng, Hummels, Höwedes, Mustafi, Schweinsteiger, Khedira, Kroos, Özil, Götze, Reus, Thomas Müller, Schürrle, Kramer e Kruse viraram ‘minifigures’ da Lego. Eles já têm o uniforme novo e a quarta estrela acima do distintivo. Nem o técnico Joachim Löw foi esquecido. Confira a “entrevista coletiva” na animação da Lego.

Continuar lendo “É tetra! Uma seleção muito LEGal!”

E os indicados são…

Pena que a lista dos indicados para melhor goleiro da Copa tenha só 3 nomes. Tim Howard e Oshoa mereciam ao menos uma menção.

Continuar lendo “E os indicados são…”

Brasil 1, Alemanha 7. Perdemos feio. Para uma máquina de jogar bola.

Mineirão, Belo Horizonte, 8 de julho de 2014. Nesta  tarde/noite de semifinal da melhor Copa dos últimos anos – uma Copa cheia de surpresas- o  futebol brasileiro que já vinha dando sinais de agonia há muito tempo, morreu um pouco. Ele precisa ser refundado, precisa ser completamente reformulado. Das categorias de base dos clubes ao comando maior da CBF, passando pelos bancos dos treinadores e cartolas dos clubes.

Perdemos para uma máquina de jogar futebol, que tem um elenco espetacular. #Alemáquina, já batizaram. #SuperDeutschland.

Perdemos para o verdadeiro país do futebol. Onde os estádios estão quase sempre 100% cheios, da primeira à 34ª rodada da Bundesliga. Em alguns casos, até na segunda divisão, a 2.Bundesliga. Um país onde o povo ainda tem lugar nas “arenas”. E não joga a bandeira no chão ou pisa na camisa ao primeiro revés. Onde os torcedores gostam de seus times como gostam de bandas de rock, ou seja, não tem disco ruim.

Que o Brasil aprenda algo com a Alemanha e reencontre seu futebol. Se for o caso, que seja com um técnico estrangeiro, que nos ensine a fazer o que deixamos de fazer. Jogar.

Construímos tantos belos estádios para o Mundial, esquecemos de construir uma seleção. Claro, mais uma vez iludidos pelo resultado da Copa das Confederações. Definimos os 11 titulares e seus reservas com um ano de antecedência, sem levar em consideração o momento. 

Mas não adianta procurar culpados entre os jogadores. Do fundo do meu coração boleiro, dilacerado pela maior humilhação da Seleção em 100 anos de história, espero que esses jovens jogadores consigam a volta por cima e voltem a brilhar.

Pra quem é maluco por futebol, como você que me lê, resta continuar curtindo esta Copa sensacional. Não é porque o Brasil caiu que o Mundial deixa de ser maravilhoso. E no meio da semana que vem, recomeça o Brasileirão – dividido ao meio por um calendário absurdo, é verdade. Mas não vamos desistir de gostar do nosso futebol.

Mosaico sobre as artes originais de Lais Sobral.  Confira a série toda aqui: https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/
Mosaico sobre as artes originais de Lais Sobral. Confira a série toda aqui: https://www.flickr.com/photos/lais-sobral/

Continuar lendo “Brasil 1, Alemanha 7. Perdemos feio. Para uma máquina de jogar bola.”

Supremacia BAYERN

bourneMudou o ator principal, digo, o técnico. Saiu Jupp Heynckes, entrou Pep Guardiola. Mas o #SuperBayern continua um bicho-papão. Com inéditas sete rodadas de antecipação,o Bayern de Munique é o campeão alemão pela 24ª vez. Nesta terça-feira, derrotou o Hertha em Berlim por 3×1 para conquistar o terceiro grande título de uma nova era Guardiola. A Supercopa da Uefa, o Mundial de Clubes e agora, a Bundesliga. Sem contar a Audi Cup, torneio de verão “da casa” mesmo…
Rumo ao bi da Champions. Mas é bom respeitar a camisa também vermelha do Man United (que hoje perdeu por 0x3 do rival City).

Os títulos de liga alemã do Bayern : https://www.facebook.com/FCBayern
Os títulos de liga alemã do Bayern : https://www.facebook.com/FCBayern

O campeonato espanhol, que antes era conhecido como uma ‘liga de dois’, agora é uma ‘liga de três’. Atlético, Real Madrid e Barça brigando cabeça a cabeça. Mas o campeonato alemão é cada vez mais uma liga de um, só.