Rio 2016: as seleções na corrida do ouro olímpico.

Já estão definidas as seleções que vão tentar uma das medalhas no torneio de futebol masculino, nos jogos do Rio 2016, a partir de agosto. Brasil, Argentina, Colômbia, Alemanha, Dinamarca, Suécia, Portugal, Fiji, México, Honduras, Nigéria, Argélia, África do Sul, Japão, Coréia do Sul e Iraque.
Para sorte de Dunga – ou quem estiver no comando da seleção olímpica do Brasil- o Uruguai não estará na final do Maracanã porque nem se classificou. Triste pro torneio. Mas tem outras seleções de tradição e é bom que Neymar e cia joguem muita bola se quiserem chegar ao pódio, quanto mais pensar na inédita medalha de ouro, ansiosamente aguardada.

O futebol olímpico vai ter jogos também em outras milionárias (e até bilionárias) obras do Mundial 2014: Arena Corinthians, Mineirão, estádio Nacional Mané Garrincha, Fonte Nova e no grande elefante branco que é a Arena da Amazônia.

Dentro do post, você confere 10 mascotinhos virtuais de seleções imaginados pela artista plástica Lais Sobral, especialmente aqui pro blog, antes da Copa de 2014.
Continuar lendo “Rio 2016: as seleções na corrida do ouro olímpico.”

Roberto Perfumo, ‘El Mariscal’ (1942-2016)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cruzeiro, Racing Club, seleção argentina e River Plate manifestaram luto pela morte do seu ex-zagueiro Roberto Perfumo – os millonarios jogaram com tarja preta na manga da camisa no empate (1-1) contra o São Paulo, no Monumental de Nuñez. O Mariscal morreu hoje, aos 73, depois de cair de uma escada, num restaurante de Puerto Madero!

Quando chegou ao Cruzeiro, em 1971, Perfumo já tinha sido campeão de tudo pelo Racing, como lembrou o jornalista Mauro Cezar. Campeão argentino (1966), da Libertadores 67 e do primeiro mundial do futebol argentino. É o terceiro da esquerda pra direita entre os da Academia campeã do mundo na foto abaixo.

Os campeões mundiais de 1967 IMAGEM Página do Racing Club no Facebook

Na Raposa, jogou ao lado de gente como Raul, Nelinho, Procópio, Wilson Piazza, Darci Menezes, Zé Carlos, Eduardo, Roberto Batata, Dirceu Lopes, Palhinha, Joãozinho. Foi tricampeão mineiro (72, 73 e 74). Antes de pendurar as chuteiras, em 1978, Perfumo também foi tri pelo River (Metropolitano 1975, Nacional 75 e Metropolitano 77). Vestiu a camisa albiceleste da Argentina 37 vezes, atuando em duas Copas del Mundo (1966 e 1974). Nas finais da Libertadores de 1976, contra seu ex-time (Cruzeiro 4×1, 1×2 e 3×2 River), o zagueiro argentino usou de toda a sua malícia pra tirar o furacão Jairzinho do 3º e decisivo jogo. Perfumo já não ia jogar mesmo em Santiago, por causa de uma lesão. Na malandragem, provocou o furacão da Copa de 70 e conseguiu a expulsão do cruzeirense. Mas no fim das 3 partidas aquele Cruzeiro espetacular levou a melhor…
O marechal também foi técnico e comentarista. O arquirrival do Racing, o Independiente, também rendeu homenagem ao Mariscal Perfumo. Continuar lendo “Roberto Perfumo, ‘El Mariscal’ (1942-2016)”

Matheus guerreiro

O atual bicampeão brasileiro não tem chance de lutar por mais um título nacional, mas para uma família de cruzeirenses o domingo foi especial.

O filho de seis anos foi pela primeira vez ao Mineirão e entrou no gramado com seu belo uniforme celeste ao lado das ‘raposas’, ‘mascotes’ do Cruzeiro, e do atacante Willian, que ontem jogou de branco, por causa do calor do “sessão das 11” (foi a última rodada do Brasileirão 2015 com jogo matinal).

O nome do menino é Matheus Teodoro de Oliveira, mas pode chamar de Matheus “Guerreiro”. O jovem cruzeirense luta contra uma doença rara no intestino, que vem lhe tirando a visão desde os três anos. No mês passado, teve alta do hospital. Continua o tratamento em casa. Agora, Matheus precisa de um transplante, a ser feitos nos Estados Unidos.

A vontade de Matheus viver, a alegria desse menino, sua criatividade são assim uma coisa comovente. Que fazem a gente parar pra pensar. A gente reclama de tudo, de todos, o tempo todo. E esse pequeno grande cruzeirense está aí, dando uma aula de vida, mostrando sua garra, assim como outros “matheus” planeta bola afora.

Não tem como não se emocionar ao ver Matheus no colo de Willian na hora do hino nacional. O ídolo também não resistiu.

Força nenhuma impediria o Cruzeiro de ganhar a partida de ontem contra o Fluminense. Não tinha como Willian não se inspirar. O “bigode” marcou os dois gols da vitória do clube celeste. Três pontos dedicados a Matheus.

Ainda bem que futebol não é só violência, não é só roubalheira, corrupção e cartolagem (pra usar uma expressão do pai de dois fanáticos torcedores, entre eles este que vos digita).

Futebol ainda é o amor de uma criança por uma camisa com um distintivo de um clube no lado esquerdo do peito – assim como os mascotinhos que entram orgulhosos com seu time mesmo depois de uma sonora goleada.

Obrigado, Matheus! Continuar lendo “Matheus guerreiro”

“O Dia do Galo”. Em cinemas de Minas Gerais – e estádios da América.

O Dia do Galo
“O Dia do Galo”: 4 de novembro de 2016, às 22h, Canal Brasil. facebook.com/odiadogalo

Estreou em BH, Contagem, Sete Lagoas, Uberlândia e Montes Claros, o filme O Dia do Galo, sobre a rotina de 10 atleticanos na conquista da Copa Libertadores atleticana. A de 2013. A do “Eu Acredito”. A do “caiu no Horto, tá morto”, embora no terreiro do Mineirão, o Galo também tenha feito milagres.
Confira o trailer dentro do post. Continuar lendo ““O Dia do Galo”. Em cinemas de Minas Gerais – e estádios da América.”

Não faltam estádios para turnês como a do Pearl Jam, que volta em novembro/2015.

O segundo show do PEARL JAM no Morumbi, em 2011: uma aula de rock! https://colunademusica.wordpress.com/2011/11/05/pearl-jam-morumbi-sao-paulo-04112011-aula-de-rock/
O segundo show do PEARL JAM no Morumbi, em 2011: uma aula de rock! https://colunademusica.wordpress.com/2011/11/05/pearl-jam-morumbi-sao-paulo-04112011-aula-de-rock/


Aí, sim!

O Pearl Jam anunciou as datas da sua Latin American Tour, que baixa por aqui em novembro 2015. Os cinco em estádios de futebol – três deles usados no Mundial 2014.

  • 11 de novembro – Porto Alegre – primeiro megashow de rock na Arena do Grêmio.
  • 14/11 –  S. Paulo – o Pearl Jam volta ao Morumbi, quatro anos depois de 2 shows no estádio!
  • 17/11 – Brasília – Estádio Nacional Mané Garrincha.
  • 20/11 – Belo Horizonte – Mineirão.
  • 22/11 – Rio de Janeiro – o PJ estreia no Maracanã.

Continuar lendo “Não faltam estádios para turnês como a do Pearl Jam, que volta em novembro/2015.”

Cruzeiro 2014. Tudo azul pros lados da Toca da Raposa.

10557369_765955183463792_1830283084237699970_nO Cruzeiro, atual campeão brasileiro – e líder do atual campeonato – comemorou a marca de 60.000 sócios-torcedores (programa Sócio do Futebol). Muito bom. No Brasileirão 2013, em que levantou o título, a Raposa teve média de 28.911 pessoas como mandante, segundo relatório da Pluri Consultoria.10481881_746000585459252_8466686648566353678_n

  • IN>: Manoel (zagueiro, Atlético Paranaense); Neílton (atacante, ex-Santos), Marquinhos (ex-Vitória), Willian (ex-Metalist)
  • OUT<: Wallace (Braga), Elbert (Coxa), Luan (Al Sharjah)
  • Cinco (das muitas) estrelas da companhia: Fábio, Dedé, Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart, Marcelo Moreno.
  • Ainda se dá o luxo de ter: Dagoberto, Júlio Baptista, Tinga, Borges.
  • Jovens: Lucas Silva, Alisson
  • Técnico: Marcelo Oliveira
  • Estádio: o Cruzeiro manda seus jogos no estádio do Mineirão. Média de público no BR-2013 segundo a Pluri: 28.911 cruzeirenses/jogo, 70º lugar no ranking mundial. Taxa de 50% de ocupação do Mineirão.10509704_764055696987074_4354788629080284919_n
  • Uniformes: em abril, a Olympikus apresentou as camisas 1 e 2: a azul e a branca. Com as tradicionais cinco estrelas soltas no lado esquerdo do peito e o scudetto de campeão brasileiro no centro.

    Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo “Cruzeiro 2014. Tudo azul pros lados da Toca da Raposa.”