Estádio Independência

Estádio Independência

Era assim (foto do site WorldStadiums.com)…

http://www.WorldStadiums.com

Ficou assim (foto do site do América)…

http://www.americamineiro.com.br
Atlético x São Paulo no Independência. Brasileirão de 2014.
Atlético x São Paulo no Independência. Brasileirão de 2014.

Estádio não ganha jogo, mas pode ajudar. A reforma de 201o-2012 transformou o estádio Independência num alçapão. Hoje, a capacidade é para 23 mil pessoas. Poderia receber mais alguns milhares de torcedores se a tivesse arquibancadas atrás de um dos gols.

Arena com um gol sem torcida atrás: um visual sui generis, no Horto.
Arena com um gol sem torcida atrás: um visual sui generis, no Horto.

O Independência, que já foi do Sete de Setembro (hoje licenciado), pertence ao América Futebol Clube

Coelho x Lusa, série B 2014.
Coelho x Lusa, série B 2014.

… mas quem tem levado mais gente ao Independência é o Atlético desde a reinauguração, em 2012. Em 2015, a média até 13 de junho é de 17.772 atleticanos por jogo (66 por cento de ocupação das cadeiras). No Horto, o Galo fez grande parte das inacreditáveis campanhas da Libertadores 2013 e da Recopa 2014.

Galo x Tricolor no Horto, BR-2015.
Galo x Tricolor no Horto, BR-2015.

O Independência foi construído pelo poder público para a Copa do Mundo de 1950, quando recebeu 3 partidas, inclusive a zebraça Estados Unidos 1×0 Inglaterra, tema do filme Duelo de Campeões (The Game of their Lives) – leia no post anterior que as cenas de jogo do drama boleiro foram filmadas  não em BH, mas no Rio, no estádio das Laranjeiras.DSC05986

Continuar lendo “Estádio Independência”

O jogo da vida “deles”: EUA 1×0 Inglaterra, em 1950…

duelo de campeões12 de junho de 2010: a tabela da Copa do Mundo programou o “match” Inglaterra x Estados Unidos, em Rustenburgo, África do Sul, pelo Grupo C.
Belo Horizonte, 29 de junho de 1950. Num jogo contra a Inglaterra, os Estados Unidos aprontaram uma das maiores zebras da história das Copas, no 1º mundial organizado no Brasil. A seleção americana de “soccer” derrotou os inventores do futebol por 1 a 0, no estádio Independência,  em Belo Horizonte. Gol de Gaetjens, um imigrante haitiano. A curta saga dessa seleção americana é romanceada no filme americano “Duelo de Campeões”, disponível em DVD– o título original, “The Game of Their Lives” (o jogo da vida deles) é mais legal.
Em 2010, a Inglaterra de Rooney, Lampard e Gerrard é uma das grandes favoritas da Copa do Mundo. Em 1950, o English Team também era. Só que a seleção americana na época foi armada quase às pressas, juntando atletas de Saint Louis e costa leste, segundo o filme.  Nos últimos anos, é capaz de complicar jogo para a seleção brasileira… Por aí dá para ter ideia da zebraça que foi EUA 1 x 0 Inglaterra em 1950.
“Duelo de Campeões”, ou “The Game of Their Lives”, tem algumas locações no Brasil. Vamos até descontar as cenas do duelo entre americanos e ingleses filmadas no estádio das Laranjeiras, no Rio, como se fosse o local da partida na vida real: o estádio Independência, de BH, que  existe até hoje.
É uma boa sessão da tarde, com aquele tom épico hollywoodiano. E pensando bem, o jogo da vida daqueles 11 entusiastas do “soccer” merecia mesmo virar filme.
ATUALIZANDO: EM 12/06/10, a Inglaterra marcou no começo do jogo, com o capitão Gerrard. Mas os EUA empataram num frango do goleiro Green. 1×1 em Rustenburgo. Já o goalkeeper americano, Tim Howard, que atua no Everton, da Premier League inglesa, foi eleito pela Fifa “man of the match”. O cara. O nome do jogo.
Leia também: doc sobre o New York Cosmos e outros filmes sobre futebol.

Bola na Tela

Uma lista de filmes disponíveis em DVD que falam de futebol, alguns mais, outros menos, e já foram abordados aqui no blog, com a tagBola na Tela”. Aos poucos, vou atualizando esta relação. Sugestões serão bem recebidas, pelo e-mail futpopclube@gmail.com.

ano-em-que-meus-pais-poster011O Ano em Que Meus Pais Saíram em Férias: baita filme. Nem só de violência vive o cinema brasileiro atual. Embora a história se passe durante a Copa de 70 no México.

Boleirosoutro dos melhores filmes brasileiros sobre futebol.

O Casamento de Romeu e Julieta tem sua graça. E Luana Piovani! E o ótimo Luiz Gustavo (dois são-paulinos no papel de palmeirenses verdes!)

Duelo de Campeões: “sessão da tarde” sobre o jogo da vida deles, os americanos que impuseram a maior zebra das Copas aos ingleses, na Copa de 50, em BH!.

Febre de Bolao livro do Nick Hornby se deu bem melhor que o filme baseado nele.

Garrincha, Alegria do Povo. Clássico do cinema novo. Às vezes passa no Canal Brasil. Em DVD, só na caixa do diretor Joaquim Pedro de Andrade.

Hooligans. Muita pancadaria na ficção com toques do que rola em torcidas inglesas, como a do West Ham United querido do Steve Harris, que este ano luta contra o rebaixamento na Premier League.

Juventus Rumo a Tóquio – curta-metragem sobre um domingo decisivo e dramático na Javari, campo do Moleque Travesso, recém lançado em DVD (leia mais aqui).

O Milagre de Berna. Drama que reconstitui a saga da Alemanha Ocidental para ganhar da Hungria de Puskas, na Copa de 54, na Suíça.

1958 – o Ano em que o Mundo Descobriu o Brasil. Excelente documentário sobre a Seleção Brasileira, enfim campeã do mundo em 58.

O Mundo A Seus Pés conta a a Extraordinária História do New York Cosmos, antes, durante e depois da Era Pelé. Interessantíssimo.

Zico na Redegols, gols e mais gols do camisa 10 da Gávea.

Sem falar nos DVDs específicos de Corinthians, Flamengo, Internacional, São Paulo…

“Duelo de Campeões”, ou o jogo da vida “deles”

duelo de campeões12 de junho de 2010: a tabela da Copa do Mundo programa o “match” Inglaterra x Estados Unidos, em Rustenburg, África do Sul, pelo Grupo C.

Belo Horizonte, 29 de junho de 1950. Num jogo contra a Inglaterra, os Estados Unidos aprontaram uma das maiores zebras da história das Copas, no 1º mundial organizado no Brasil. A seleção americana de “soccer” derrotou os inventores do futebol por 1 a 0, no estádio Independência,  em Belo Horizonte. Gol de Gaetjens, um imigrante haitiano. A curta saga dessa seleção americana é romanceada no filme americano “Duelo de Campeões”, disponível em DVD– o título original, “The Game of Their Lives” (o jogo da vida deles) é mais legal. Continuar lendo ““Duelo de Campeões”, ou o jogo da vida “deles””