Copa de Filmes: as escolhas de Ricardo Drago, do site “Meu Time de Botão”.

A cena do pênalti “mandrake” do “juizão” vivido por Otávio Augusto está entre as melhores do filme “Boleiros”

Trila o apito o árbrito. “Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo, torcida brasileira” [(C) Fiori Gigliotti]. Terceira jornada desta copa virtual de cinema. Agora, quem dá a bola -digo, as dicas de filmes de futebol- é o são-paulino Ricardo Drago, do democrático site Meu Time de Botão. No site Canelada, escreve sobre Futebol Europeu.

Documentário nacional: “Inacreditável -A Batalha dos Aflitos e Pelé Eterno, de Anibal Massaini Neto”.
[N da R: em Inacreditável – A Batalha dos Aflitos, o diretor Beto Souza mostra a trajetória do Grêmio na série B do Brasileirão 2005, que culminou com o célebre jogo contra o Náutico, nos Aflitos. Dá pra ver o trailer aqui também.]


Documentário estrangeiro: “Argentina e sua Fábrica de Futebol, de Sergio Iglesias” [dá para ver um trailerzinho aqui. Numa pesquisada no You Tube, percebo que os hermanos fazem muitos “documentales” sobre “fútbol”].

Ficção nacional: “Boleiros – Era Uma Vez o Futebol, de Ugo Giorgetti” [que elenco! Otávio Agusto, no hilário papel de juiz ladrão, Lima Duarte, o técnico linha dura, Rogério Cardoso, Cássio Gabus Mendes, Adriano Stuart, Flávio Migliaccio, Marisa Orth, Denise Fraga. Disponível em DVD da Paris Filmes. Há uma edição que inclui Boleiros 2 – Vencedores e Vencidos]

Ficção estrangeira: “A Copa, de Khyentse Norbu” [boa lembrança, Ricardo. É uma produção do Butão. O diretor, um lama budista, conta o esforço de um jovem monge fanático por futebol para ver a Copa do Mundo de 1998. Passou nos cinemas, saiu em vídeo, DVD, mas não sei se está em catálogo.]

Curta-metragem nacional/ficção: “Uma História de Futebol, de Paulo Machline [Antonio Fagundes é o narrador, o menino Zuza, companheiro de pelada do rei do futebol, que lembra as façanhas do menino Pelé (então Dico, como é chamado até hoje em família) nos campos de terra de Bauru. Sensível roteiro de José Roberto Torero, Paulo Machline e Maurício Arruda. Bela fotografia de Lito Mendes da Rocha. Veja Uma História de Futebol e a lista de prêmios no site Porta Curtas]

Curta-metragem nacional/documentário: “Loucos de Futebol, de Halder Gomes” [documentário sobre futebol cearense, com ênfase nas torcidas e na rivalidade entre Leão e Vovô, Fortaleza e Ceará, que fazem o Clássico Rei].

Taí a excelente lista de filmes de futebol preferidos do Ricardo Drago, do site Meu Time de Botão.

Ainda hoje, as dicas cinematográficas/boleiras de Sérgio Duarte, do programa Rock Flu. No fim de semana, os favoritos de Mário Marra, comentarista da rádio CBN, do Blog do Marra.

Confira nos posts anteriores as escolhas do crítico Luiz Zanin, do Estadão, e as dicas do Fut Pop Clube. Bola na Tela é aqui!

Cinema STADIUM. Em cartaz, futebol.

Noite de 13 de outubro de 1977. A cidade de São Paulo mal dormiu. O Corinthians treinado por Oswaldo Brandão venceu a 3ª partida das finais do Campeoanto Paulista de 77 contra a Ponte Preta e recupera o título, esperado desde 54 (também com Brandão!). Um filme sobre o jejum de grande títulos e o fim desse período, graças ao gol de Basílio, foi lançado na sexta-feira em cinemas paulistas. 23 Anos em 7 Segundos (DVD já em pré-venda), entrou em cartaz poucos meses após a estreia do filme Fiel. A buena onda de documentários sobre futebol inclui várias produções sobre conquistas do Colorado, rival do alvinegro nesta noite em que sai o campeão da Copa do Brasil e o 1º brasileiro da Libertadores 2010. Exemplos: Gigante – Como o Inter Conquistou o Mundo e Gigantes do Deserto – Internacional Campeão da Dubai Cup 2008. (e agora, Nada Vai nos Separar, o filme do centenário). Todos da G7 Cinema, mesma produtora de Fiel – e que prepara Soberano – Seis Vezes São Paulo, Soberanosobre os seis títulos brasileiros do tricolor paulista. O mestre Telê Santana, responsável por um desses títulos (e também pelo único Brasileirão do Atlético-MG) é tema de um documentário que pode ser lançado no segundo semestre: Meio Século de Futebol-Arte(link pro blog do filme, que já tem trailers). A Ana Carla Portella e a Danielle Rosa trabalham há 4 anos no projeto sobre o Fio de Esperança, que vai ter uma trilha sonora feita especialmente para o doc. Oba! Eterno rival do Inter, o Grêmio não fica atrás nos lançamentos cinematográficos. Depois de Inacreditável – A Batalha dos Aflitos (veja trailers), também da G7, estreou há poucas semanas 1983: O Ano Azul. Acaba de sair Zico na Rede(leia mais aqui), um documentário com um monte de gols comentados do Galinho de Quintino. Ademir da Guia, Garrincha, conquistas do Flamengo, a Copa de 1958 … também são temas de filmes. PARA LER SOBRE ISSO, CLIQUE >>>

Continuar lendo “Cinema STADIUM. Em cartaz, futebol.”