Destacado

“Bobby Robson – More Than a Manager”


Ele era o técnico da Inglaterra que parou nas quartas-de-final da Copa de 1986, no México, diante do gol de mão e do gol da vida de Maradona. Também comandou o English Team até as semifinais na Itália, em 1990. Até chegar lá, ganhou alguns dos principais títulos da vida do Ipswich Town (Copas da Inglaterra em 1978 e da Uefa em 1981). Sir Bobby Robson treinou um conturbado Barça depois da era Cruyff técnico. Levou Ronaldo Fenômeno do PSV para o Camp Nou. Tinha como auxiliar o português José Mourinho (que faz caras hilárias enquanto ajuda o ‘boss’ a se expressar nas entrevistas).

“Bobby Robson – More Than a Manager” é um filmaço, que passou no Cinefoot SP em 2018 e logo depois chegou ao streaming. Espetacular montagem do rico material de arquivo, sem deixar de contar sobre a vida pessoal do treinador, que morreu em julho de 31 de julho de 2009, de câncer.

Pra quem curte futebol internacional, em especial o inglês e o espanhol. vale muito a pena conhecer este documentário. Confira o trailer. Continuar lendo ““Bobby Robson – More Than a Manager””

“Barça Dreams”

12027508_1661462384122473_5318246468487196635_nVi na “Trivela”. Vem aí o documentário “Barça Dreams – The True Story of FC Barcelona”, produzido pelo bicampeão do MotoGP Jorge Lorenzo (que é culé, torcedor do Barcelona) e dirigido por Jordi Llompart.

Foram mais de dois anos de trabalho, revirando arquivos, gravando partidas e animações 3D, além de muitos depoimentos de craques, treinadores, jornalistas e historiadores – tudo pra contar os mais de 115 anos de história do Barça, de Joan Gamper à era Messi. Dá pra ter um gostinho no trailer, abaixo. Continuar lendo ““Barça Dreams””

Repescagem


A expressão que é mais usada para definir sistemas de disputas de torneios esportivos também define uma segunda chance para o torcedor, ou melhor, para o espectador ver alguns filmes da Mostra de Cinema de São Paulo – até quarta-feira, 7/11/2012. Bons programas para quem passa o feriadão na metrópole – mais vazia.

O “Mundial” de 1942 tem até cartaz oficial, no filme italiano

E é bom saber que o filme mencionado aqui no Fut Pop Clube, A Copa Esquecida (Il Mundial Dimenticato), ganhou um dos prêmios de público do festival. A película de Lorenzo Garzella e Filippo Macelloni buscou inspiração no conto “El Hijo de Butch Cassidy”, do escritor e jornalista argentino Osvaldo Soriano (*1943/+1997), torcedor do Ciclón, o San Lorenzo. Trata-se de um “mockumentário”, um falso documentário sobre a suposta Copa do Mundo disputada na Patagônia, em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial. E o resultado é muitas vezes hilário… como as cenas que mostram as criativas câmeras usadas para “documentar” o “Mundial”… os gols impossíveis… o jeito com que os “juízes” expulsam jogadores de campo… e a figura roliça de certos “jogadores”. Aspas são uma boa mesmo para definir “Uma Copa Esquecida” (como fez o “Estadão”): um “documentário” entre aspas – talvez um pouco como o “Zelig” de Woody Allen, mas pra mim os italianos chegaram a resultado mais legal.  E não é indicado apenas pra quem gosta de futebol e de filmes de futebol, não. Basta entender o humor das cenas. Tinha gente se esbaldando de dar gargalhada na sessão que eu vi.

O que também foi muito engraçado na sessão foram as cenas que discutem o uso de imagens na decisão de lances duvidosos para a arbitragem. Na semana em que o Brasil discutiu a anulação do gol de mão de Barcos, no jogo entre Internacional x Palmeiras, foi no mínimo curioso ver um “jogo” do “Mundial” de 42 parado por uma hora, para que um filme seja revelado e o juiz tome a sua decisão sobre um lance, com direito a depoimento canastrão de Gary Lineker. Coincidência? No futebol italiano, no mundo todo, as decisões da arbitragem geram cada vez mais controvérsia.

Em tempo: “A Copa Esquecida” passa de novo nesta quarta-feira, 7 de novembro, às 17h40, no CineSesc.

Veja o trailer do premiado “documentário” italiano.

Continuar lendo “Repescagem”

Driblando o Destino | Bend It Like Beckham.

Filmes sobre futebol são uma das obsessões aqui do Fut Pop Clube, que já promoveu uma rodada de listas de películas favoritas e tem uma seção fixa com a retranquinha Bola na Tela. Quero rever na TV uma comédia que vi há muito tempo: Driblando o Destino, título brasileiro para Bend It Like Beckham. É uma boa “sessão da tarde” sobre uma menina que quer jogar como o ídolo (o real David Beckham aparece em cenas de arquivo; quem aparece em carne e osso é o Gary Lineker, ex-centroavante do English Team). O filme é de 2002, e a gracinha Keira Knightley não tinha 18 anos.  Ótima atriz. Bate um bolão! Continuar lendo “Driblando o Destino | Bend It Like Beckham.”