Na próxima Premier League, um caçulinha veterano!

15271835_1413881975312229_4057729162999693931_o
Escudo do Huddersfield Town, via Face oficial do clube: facebook.com/htafcdotcom/

Este é o distintivo do Huddersfield Town, que ao vencer o Reading nos pênaltis na final do play-off de acesso, se somou ao Newcastle e ao Brighton & Hove Albion entre as novas camisas da Premier League 2017-18. Os #terriers têm história na elite do futebol inglês antes da Premier League (criada em 1992).

O Huddersfield Town Association Football Club, fundado em 1908, foi tricampeão inglês (de primeira divisão) entre 1923-24 e 1925-26. Mas de 1971-72 até agora andou pela segunda, terceira e até quarta divisões. Os terriers foram treinados por Herbert Chapman, o inventor do sistema WM, bicampeão com o Huddersfield e também com o Arsenal, e três décadas depois por Bill Shankly, ídolo e estátua no Liverpool.
A Premier League saudou o Huddersfield Town como a 49ª equipe a participar da competição – considerando a liga criada em 92. O Brighton também é “caçula” neste formato.

Abaixo, os 49 clubes que disputaram a Premier League desde a temporada 1992-93, incluindo os dois “caçulas” (em negrito os que vão participar da próxima temporada).

  1. Arsenal
  2. Aston Villa – 7 vezes campeão inglês, continua na Championship (segundona), pra tristeza do baixista Geezer Butler
  3. Barnsley – continua na segunda divisão.
  4. Birmingham City – também disputa a segundona
  5. Blackburn Rovers – agora rebaixado para a League One (terceira divisão)
  6. Blackpool – agora promovido para a League One
  7. Bolton Wanderers – acabou de ser promovido para a Championship
  8. Bournemouth
  9. Bradford City – está na League One (terceirona)
  10. Brighton & Hove Albion
  11. Burnley
  12. Cardiff City -hoje disputa a segundona
  13. Charlton Athletic – em grave crise, disputa a League One (terceirona)
  14. Chelsea
  15. Coventry City – agora rebaixado para a League Two, a terceirona
  16. Crystal Palace
  17. Derby County – está na segundona (Championship)
  18. Everton
  19. Fulham – continua na Championship
  20. Huddersfield Town
  21. Hull City – rebaixado agora para a Championship
  22. Ipswich Town – também na segunda divisão
  23. Leeds United – continua na Championship
  24. Leicester City
  25. Liverpool
  26. Manchester City
  27. Manchester United
  28. Middlesbrough – rebaixado para a Championship
  29. Newcastle United – de volta!
  30. Norwich City – está na Championship
  31. Nottingham Forest – o bicampeão europeu permanece na Championship, e olha, tem que agradecer, porque quase caiu!
  32. Oldham Athletic – disputa a League One (terceirona)
  33. Portsmouth -promovido para a League One
  34. Queens Park Rangers – continua na Champioship (segunda divisão)
  35. Reading – permanece na Championship
  36. Sheffield United – o time de coração do def leppard Joe Elliot foi promovido para a Championship
  37. Sheffield Wednesday – vai ter clássico na Championship!
  38. Southampton
  39. Stoke City
  40. Sunderland – rebaixado para a Championship
  41. Swansea City
  42. Swindon Town -agora rebaixado para a League Two, a terceirona
  43. Tottenham Hotspur
  44. Watford
  45. West Bromwich Albion
  46. West Ham United 
  47. Wigan Athletic – agora rebaixado para a League One
  48. Wimbledon – está na League One (terceirona)
  49. Wolverhampton Wanderers – o time que conta com a torcida do vocalista Robert Plant hoje disputa a segundona

Continuar lendo “Na próxima Premier League, um caçulinha veterano!”

Sir Stanley Matthews e o festival Offside

Lembro-me de uma caricatura que mostrava um jogador com a camisa branca da seleção da Inglaterra, com uma bengala e uma bola – terá sido no Manual do Zé Carioca (de 1974)? Aliás, torço para a editora Abril relançar o Manual do Zé Carioca, como fez com o do Tio Patinhas, do professor Pardal, do Mickey, do Pato Donald… O vovô dominando a bola era uma homenagem a Stanley Matthews (1915-2000), que jogou até os 50 anos! Stan Matthews, ‘o camisa 7 original’,tema de um filme que está sendo lançado em 2017 (atração do festival Offside, em Barcelona), estreou como profissional do Stoke City aos 17, ganhando 5 libras por semana, nos anos 30. No English Team, estreou em 1934, com 19 anos. Com a camisa da seleção inglesa, jogou por 23 anos. No Blackpool, Matthews conquistou a Copa da Inglaterra (FA Cup) de 1953, aos 38 anos. O segredo? A preocupação com a forma física, herança do pai. Aos 46, voltou ao Stoke City, onde pendurou as chuteiras… mas só depois de mais quatro temporadas. Foi nomeado então cavaleiro do imperio britânico e seu jogo de despedida contou com uma seleção de craques. Yashin, Puskas, Eusébio, Di Stéfano…
screenshot_20170201-161944
O doc Matthews – The Original No. 7, de Ryan Scott Warren, é uma produção inglesa de 80 minutos. Está saindo este ano e vai ser uma das atrações do Offside Fest, festival só de documentários de futebol em Barcelona, em março – o brasileiro “Miller & Fried – As Origens do País do Futebol”, já visto aqui, está na seleção do festival catalão. Dentro do post, saiba mais sobre o Offside e veja o trailer de Matthews: Continuar lendo “Sir Stanley Matthews e o festival Offside”