Black Sabbath dois mil e 13. Atual como em 1970.

O disco novo do Sabbath chegou esta semana ao #1 na Billboard!

Coluna de Música | J.R. Lima

13UMGIM43593.170x170-75 (2)

Is this the end of the beginning or the beginning of the end?

999243_394663027321729_785078305_nBirmingham, 1970. O quarteto lança “Black Sabbath” num ano em que as bombas explodem no Vietnã. Espanha e Portugal vivem sob ditadores, os Beatles e o sonho tinham acabado. O Brasil, sob o AI-5, vivia seus piores anos de chumbo, com o linha dura Emilio Garrastazu Médici na presidência.  No finzinho de 1970, o segundo álbum, “Paranoid”, foi #1 nas paradas britânicas. Quarenta e três anos depois, um álbum da banda volta a liderar as paradas em casa.

2013. Um ano em que o bicho pega na Síria, em que Turquia e Brasil vão para as ruas, em que jogo de Copa Libertadores termina com morte de um torcedor de 14 anos, varado por um sinalizador, em que israelenses e palestinos continuam se estranhando, em que se mata porque a vítima do assalto não tem mais do que…

Ver o post original 197 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.