Ellis Park, 24 de junho de 2010

Che cosa!
Depois dos empates contra Paraguai e Nova Zelândia, achei que a Itália se classificaria novamente com um terceiro empate na fase de grupos. Pelo jeito, toda a Squadra Azzurra também confiou nessa tese. Acordou quando perdia por 2×0 da Eslováquia, considera estreante em Copas pela Fifa (para a entidade, a República Checa é a herdeira do passado futebolístico da Checoslováquia). O segundo tempo foi muito maluco. SE tivesse mais cinco minutos… quem sabe, SE a Itália não chegaria ao terceiro empate. Mas não tem SE. A repercussão na Itália foi impactante. O site do Tuttosport abriu tipos garrafais para dizer: “Lippi, a culpa é sua”. A Gazzetta Dello Sport cravou: “Pra casa com Vergonha”. Merecídissima classifcação da Eslováquia, atrás do Paraguai. A Albirroja só empatou com os All Whites, da Nova Zelândia, que hoje foi de All Blacks, mesmo.
No grupo E, formado por Holanda, Camarões, Dinamarca e Japão, quem apostava que o Japão pudesse ser o dono da segunda vaga, hein? Que eficiência na bola parada! O que foi o terceiro gol? Golão! Como joga esse Honda! Era pra ter sido mais do que 3×1…
Olha, não sei se viverei para ver Estados Unidos e Japão campeões do mundo, mas acho que um dia essas seleções emergentes vão chegar lá, sim.