Kiss, Rock & Roll All Nite

Raphael, amigo do blog, FOI! E vibrou com o show baseado no "Alive".
Raphael, amigo do blog, FOI! E vibrou com o show baseado no "Alive".

– Eu toco numa banda.
– Qual é o nome do grupo?
– KISS.
– É mesmo? Nome estranho para uma banda
.
Este diálogo está no livro Kiss and Make-up, biografia de Chaim Witz, digo, Gene Klein, ou melhor ainda, Gene Simmons. E rolava no começo da carreira do Kiss, quando o grupo viajava em aviões comerciais. Uns 35 anos depois, os quatro super-heróis mascarados voltaram ao Brasil. Palco gigante, som alto, muitos fogos, quatro telões pra facilitar a visão de um exército de cerca de 40 mil fãs em São Paulo e duas horas de rocks, repetindo quase todo o disco “Alive”na ordem, e mais hits no bis. De um lado, o linguarudo Gene Simmons, botando fogo em Hotter than Hell e no show. Do outro, Paul Stanley, um showman que domina a arte de comunicação com a platéia – e até ameaçou tocar/cantarStairway to Heaven do Led no seu momento solo. No meio – às vezes sobre o palco!- a batera de Eric Singer, agora de cabelos escuros e maquiado com a máscara de Peter Criss. Na guitarra-solo, mais solto pelo palco, Ace Fr… ooops… Tommy Thayer! É que em 2002 ele herdou a maquiagem de Spaceman do cometa Frehley. Pelo seu longo solo típico de guitar hero e citação de Wont´Get Fooled (da banda The Who), Tommy deve ter tocado muita guitarra aérea ouvindo Jimmy Page, Jimi Hendrix e Pete Townshend. O show não pode parar e da guitarra de Tommy saem mais explosões. Alguns grandes momentos da parte Alive do show: o público cantando junto, especialmente a partir de Black Diamond. E o carnaval de Rock & Roll All Nite – parece festa de final de Copa! Curiosamente, entre os clássicos do bis, o Kiss resgatou Lick It Up, hit do primeiro disco sem máscara da banda, em meados dos anos 80 (após a 1ª passagem pelo Brasil). Se você gosta de conhecer set-lists de shows, clique aqui para saber mais.

Kiss

ARENA ANHEMBI
SÃO PAULO, 07/04/2009

– Deuce (do 1º disco, Kiss)
– Strutter (também do 1º disco, Kiss)
– Got To Choose (do 2º, Hotter than Hell)
– Hotter Than Hell (do 2º disco)
– Nothin’ To Lose (do 1º disco, Kiss)
– C’mon and Love Me (do Dressed to Kill)
– Parasite (mais uma de Hotter than Hell )
– She (do Dressed to Kill)
– Watchin’ You (outra de Hotter than Hell)
– 100,000 Years (do 1º disco, Kiss)
– Cold Gin (do 1º disco, Kiss)
– Let Me Go Rock ‘N’ Roll (também de Hotter than Hell)
– Black Diamond (do 1º disco, Kiss)
– Rock & Roll All Nite (do Dressed to Kill)

Bis

-Shout It Out Loud (do disco Destroyer)
-Lick It Up (do disco de mesmo nome)
– I Love It Loud (do Creatures of the Night)
– I Was Made For Lovin’ You (do disco Dinasty)
– Love Gun (do disco de mesmo nome)
– Detroit Rock City (outra do Destroyer, tem vídeo no UOL)

3 comentários sobre “Kiss, Rock & Roll All Nite

  1. P.S.
    Bem que poderia ter rolado “Creatures of the Night”. E pra você, alguma música fez falta ou foi tudo bom? Pra você, esse show foi melhor do que os anteriores no Brasil? Se você foi em 1983… em 1999… escreva sua impressão aqui.

  2. E aí Jota!

    Cara… se ficou faltando alguma música?… Bom, no meu setlist eles estariam tocando até agora, heheh. Mas eu não teria feito um resumo de quase 40 anos de carreira em 20 músicas melhor do que o que rolou ontem.

    É isso, aí! Rock´n´Roll!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.