#RockFlu 104: Preguinho, autor do primeiro gol do Brasil em Copas.

https://www.facebook.com/pages/Rock-Flu/1441330556101607?fref=ts
https://www.facebook.com/pages/Rock-Flu/1441330556101607?fref=ts

João CoelhoNetto, o Preguinho, marcou o primeiro gol brasileiro em Copas do Mundo  Até hoje é o sétimo maior artilheiro do Fluminense e o segundo maior cestinha! Cestinha? Preguinho foi 55 vezes campeão em oito modalidades: futebol, basquete, vôlei, pólo aquático, saltos ornamentais, natação, hóquei e atletismo. O ídolo tricolor é o tema da edição 104 do programa “Rock Flu”. O convidado de Gustavo Valladares e Sergio Duarte é Waldyr Barboza Jr,  autor do livro “Preguinho – Confissões de um Gigante” (veja a capa dentro do post). E na trilha sonora, ainda tem Eric Clapton, Sting, Mark Knopfler, Cristiano Crochemore, Allman Brothers Band, Robben Ford, Paralamas do Sucesso, Titãs, Fernando Magalhães e Alexandre Barcelos.

Continuar lendo “#RockFlu 104: Preguinho, autor do primeiro gol do Brasil em Copas.”

Futebol, comida e rock´n´roll

ROCK_FLU_final
Os amigos do Rock Flu chegaram ao programa 101. E nessa edição histórica, Gustavo e Serginho convidaram os apresentadores do programa “Cozinha Tricolor”, que está na rede e mistura receitas com futebol (mais exatamente, Fluminense).

Pra completar a trilogia, os compadres do Rock Flu mandam ver Massacration, Led, Van Halen, Titãs, Smashing Pumpkins, Weezer, Os Replicantes, Casa das Máquinas etc.

Para ouvir, clique aquihttp://www.rockflu.com.br/

Rock Flu #86 no ar

http://www.RockFlu.com.br

Rival Sons, Public Image Ltd., Patti Smith, Celso Blues Boy, Camisa de Vênus, Titãs, Velvet Underground, Pink Floyd, Peter Gabriel, Van Morrison… e muito Fluminense! É o cardápio da 86ª edição do programa Rock Flu, que entrou no ar neste finzinho de 2011. Os convidados dos amigos Gustavo Valladares e Sérgio Duarte desta vez são Marcello Vieira e Paulo-Roberto Andel, do site Fluminense & Etc. Continuar lendo “Rock Flu #86 no ar”

“O Dia em que o Brasil Esteve Aqui”

Pouco depois do Brasil assumir o comando da força de paz no Haiti, em 2004, o governo começou a agitar com a CBF um amistoso no país caribenho, então devastado apenas pela miséria, por golpes de estado, pelas consequências de cerca de 30 anos de ditadura dos Duvalier – “Baby Doc, Papa Doc”, como diz a letra de “Nome aos Bois“, paulada dos Titãs em certos tiranossauros.

O amistoso acabou rolando em agosto de 2004. A Seleção Brasileira levou suas feras ao Haiti. A goleada (6×0, fácil) foi o de menos. O que ficou na retina de quem acompanhou a cobertura do Jogo da Paz foi o desfile dos craques brasileiros (com os dois Ronaldos e tudo!) pelas ruas de Porto Príncipe, num blindado das Nações Unidas, para delírio do povo – sofrido é pouco. A passagem da Seleção em 2004 pela capital do Haiti – agora destruída pelo terremoto – virou documentário, O Dia em que o Brasil Esteve Aqui, de Caíto Ortiz e João Dornelas (dá para ver um trailer neste link).

Foi o segundo amistoso entre Brasil e Haiti, segundo o site da CBF.

Jogo rápido com o PVC.

Continuação da entrevista com o jornalista Paulo Vinicius Coelho, o PVC, autor dos livros Bola Fora, Os 50 Maiores Jogos das Copas do Mundo e Jornalismo Esportivo.

FUT POP CLUBE- PVC, como todo mundo que vai ao “Loucos por Futebol” participa do teste do produto com nome ligado ao futebol que o Marcelo Duarte encontra, quem visita o Fut Pop Clube tem que preencher uma fichinha. É jogo rápido.

livro do PVCAlgum jogo da Copa 2006 entraria numa nova edição do livro “Os 50 Maiores Jogos das Copas do Mundo”?

PVC –  Portugal 1 x 0 Holanda, por ser o jogo com maior número de cartões da história das Copas. E Itália 2 x 0 Alemanha, pela dramaticidade da prorrogação.

Qual o maior jogo que você já viu, ao vivo ou em vídeo?

PVC –  Puxa vida… O jogo do ladrilheiro, Flamengo 2 x 1 Vasco, em 1981, é um jogo fantástico na minha memória. Aí, revi. Foi ruim.

Acho que o maior jogo foi Itália 4 x 3 Alemanha, em 1970.

E QUAL FOI A MAIOR ATUAÇÃO DE UM JOGADOR PARA O PVC? FUTSAL OU SOCIETY, BOTÃO OU GAME, 3-5-2 OU 4-4-2, O QUE ELE PREFERE? E O FILME, A MÚSICA E O LIVRO SOBRE FUTEBOL PREFERIDOS PELO COMENTARISTA. CLIQUE AQUI>>>

Continuar lendo “Jogo rápido com o PVC.”

Titãs – A Vida Até Parece uma Festa

ATUALIZADO EM MAIO DE 2011
titas_cartaz1 “Só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder…”

Quantas vezes você ouve alguém cantarolando uma letra -como essa de “Go Back”- na poltrona do lado, na sala escura do cinema? Provavelmente só em filmes sobre música ou com trilha sonora de sucessos populares. “Titãs – A Vida Até Parece uma Festa” -dirigido pelo titã Branco Mello e Oscar Rodrigues Alves- compila gravações caseiras, feitas com a câmera pessoal do vocalista, clips e arquivo de programas de TV. Sem narração em “off”, a história do octecto (hoje quinteto) é contada pelos depoimentos dos próprios músicos. Eu achei que funciona. E sobra bastante tempo para música. Mesmo quem não é assim o fã número 1 de Titãs pode se emocionar com o tratamento dado à perda de Marcelo Fromer, num lamentável acidente.  Pode dar risada com os primeiros registros de shows da superbanda, no teatro Lira Paulistana ou num bar mitzvah no clube Hebraica – ou antes ainda dos Titãs do Iê Iê Iê, da apresentação do Trio Mamão e as Mamonetes, Tony Bellotto à frente, cabeludo, num programa da extinta TV Tupi chamado Olimpop. Gozado, playback por playback, as colagens de apresentações dos Titãs dublando Sonífera Ilha, por exemplo, em programas como Hebe, Raul Gil, Bolinha, Barros de Alencar, Perdidos na Noite etc, dizem muito mais sobre um período do que os video-clips, mais recentes e muito mais caros.
EXIBIÇÃO NO FESTIVAL IN-EDIT BRASIL: Continuar lendo “Titãs – A Vida Até Parece uma Festa”