Já imaginou uma mesa de pebolim (totó) no formato do seu estádio preferido?

Carlitos Tévez deixou o futebol europeu pra jogar de novo pelo time de coração. Não só voltou pro Boca, como agora tem uma Bombonera em casa. Em formato de metegol, nome do pebolim na Argentina (matraquilhos em Portugal, futbolín na Espanha, onde o jogo foi inventado). A Metegol Superclásico, da Argentina, faz há quatro anos as mesas de pebolim (ou totó, pros cariocas) com o visual das canchas do Independiente, do Huracán e do Boca Juniors- estádio Libertadores de América, Palácio Tomas Adolfo Ducó e La Bombonera, claro.

//platform.twitter.com/widgets.js


As mesas de metegol da Superclásico estão disponíveis em dois tamanhos. A maior tem 165 x 126 cm com 130 cm de altura. O Metegol chico mede 70 x 70 cm com 90 cm de altura. E mais: para jogos noturnos, tem iluminação de led. Tem som: dá pra ouvir as músicas das hinchadas enquanto rola o jogo. Os “jogadores” são estilizados, de alumínio. Contato pelo e-mail martin.setula@gmail.com, pelo Twitter ou Facebook. Veja mais imagens dentro do post.

Craques de alumínio do Huracán
Craques de alumínio do Huracán

Continuar lendo “Já imaginou uma mesa de pebolim (totó) no formato do seu estádio preferido?”

#Metegol. 29 de novembro nos cinemas brasileiros, como “Um Time Show de Bola”.

1044247_336264579837803_1316348137_n


Tenho a impressão que a venda de pebolins vai disparar no mundo todo! S e n s a c i o n a l o novo trailer da animação 3D “Metegol”, do oscarizado diretor Juan José Campanella. A estreia na Argentina será em 18 de julho. “Metegol” será “Futbolín” na Espanha e “Foosball” nos EUA. Aqui no Brasil poderia ser “Pebolim”, “Totó”, “Fla-Flu”… Mas vai ser “Um Time Show de Bola”. Segundo o site IMDB (fantástica base de dados sobre cinema na rede), “Metegol / Um Time Show de Bola” entra em campo… err, entra em cartaz em 29 de novembro. Juan José Campanella é diretor dos ótimos “O Filho da Noiva” e “O Segredo dos Seus Olhos” (que tem uma cena de tirar o fôlego no estádio do Huracán, em Buenos Aires) e “Clube da Lua” – todos com o ator Ricardo Darín. E o roteiro de “Metegol” é baseado no conto “Memórias de un Wing Derecho”,do escritor Roberto Fontanarossa, um torcedor maluco pelo Rosario Central.  Continuar lendo “#Metegol. 29 de novembro nos cinemas brasileiros, como “Um Time Show de Bola”.”

Pebolim, totó ou matraquilhos em 3D. “Metegol”, em 2013 nos cinemas.


Mais um pedacinho do próximo filme do diretor argentino Juan José Campanella foi revelado. A animação “Metegol” será lançada em 2013, em 3D. Conta a história de “jogador” de pebolim (digo, totó; perdão, Fla-Flu; ou melhor, futbolín; enfim, metegol!!!) que ganha vida.

Continuar lendo “Pebolim, totó ou matraquilhos em 3D. “Metegol”, em 2013 nos cinemas.”

“Metegol”, o novo filme de Juan José Campanella


Que ‘barato’ o trailer do novo filme do argentino Juan José Campanella! Este torcedor da Academia, o Racing Club de Avellaneda, foi diretor do ótimo thrillerO Segredo dos Seus Olhos“, do saborosamente divertido “O Filho da Noiva” e do simpaticamente nostálgico “Clube da Lua” (aliás, “Luna de Avellaneda” no título original). Lembra de “O Segredo dos Seus Olhos”, que papou o Oscar de melhor filme estrangeiro, em 2010? Tinha um plano-sequência sensacional durante um jogo do Racing no estádio art-déco do “Globo“, o Huracán. Seu novo projeto, que deve chegar às telas no começo de 2013 (vamos ter que esperar alguns meses, que droga! rs!) é a animação em 3D chamada “Metegol” – saboroso nome na Argentina desse jogo de salão adorado no mundo, que atende por “futbolín” na Espanha, pebolim (em SP), totó (no Rio), Fla-Flu (no RS) etc. Continuar lendo ““Metegol”, o novo filme de Juan José Campanella”

Bola na mesa

  • Mete Gol é nome de canção do Jorge Ben Jor, feita para a Copa 2006. Metegol é o nome que se dá na Argentina e outros países de língua espanhola para brinquedão que chamamos de pebolim, totó, fla-flu etc. Li que Metegol é o nome do novo filme do “hermano” Juan José Campanella, torcedor do Racing Club de Avellaneda, diretor dos espetaculares O Filho da Noiva e O Segredo dos Seus Olhos (se ainda não viu, leia meu post; e veja o filme. Recomendo!). Será um desenho animado em que os “jogadores” do tradicional 3-4-3 do totó – pebolim, metegol ou seja lá que nome você prefira – ganham vida. Vai ser muito legal isso. Você viu o que o time do Campanella fez na cena do estádio do Huracán, em O Segredo dos Seus Olhos? Então…
  • Domingo é dia de futebol de mesa no Pacaembu. Explico melhor: o Museu do Futebol promove o seu I Torneio Aberto de Futebol de Botão. São 3 categorias, para jovens botoneiros de 8 a 16 anos. A regra usada será a paulista (saiba mais no site do Museu). Mas as inscrições terminam amanhã, 12/2. Neste sábado, véspera do Torneio, o Museu vira “centro de treinamento” de futebol de botão.  Tudo de graça. Confira o serviço no site oficial e no flyer abaixo.

3-4-3

Não, não tento me referir ao esquema tático de nenhum vencedor das partidas de sábado nos campos do Brasil e do mundo. Seja Palmeiras, que acorda hoje com 6 pontos à frente do vice-líder, depois de fazer 2×1 no Atlético-PR, ou Vasco, líder da série B, que venceu por 1 a 0 o Duque de Caxias. Ou a Sampdoria, que superou a poderosa Inter e lidera o calcio. Ou Barça e Real, campanhas 100% na Espanha. Ou ainda do Manchester United, que lidera a Premier League após a derrota do Chelsea para o Wigan. Ou ainda as formações para o clássico Majestoso desta tarde domingo, São Paulo x Corinthians. Mas sim à “formação tática” em boa parte das mesas de pebolim, ou totó, jogo do qual matei a saudade neste sábado. Lembrei-me das férias passadas na casa de tios de Niterói. Um primo, Flamengo; outro, Fluminense. Mas aquela mesa de totó reproduzia um Flamengo x Vasco. Curioso é que em alguns lugares do Brasil, o totó é chamado de Fla-Flu (exatamente onde poderia se chamar Gre-Nal). Na Argentina, é metegol. Na Espanha, que inventou a brincadeira, se chama futbolín, citado até em música da dupla Estopa.