Celeste x Albirroja na final da Copa América!

O Uruguai está na final de uma Copa América depois de 12 anos! A Celeste Olímpica disputou com o Brasil (e perdeu) a final de 1999. A última copa levantada pela Celeste foi a de 1995. Contra a amarelinha.

(Atualizando em 21/07) Na quarta-feira, o Paraguai superou La Vino Tinto (Venezuela) nos pênaltis.A última vez que a Albirroja foi à final: 1979. Faturou.

Uruguai que se cuide com o tal de Justo Villar.

Copa América 2011

Atualizado em 21 de julho de 2011
GRUPO A:
1º de julho – Argentina 1×1 Bolívia- em La Plata
2 de julho – Colômbia 1×0 Costa Rica – em Jujuy
6 de julho – Argentina 0x0 Colômbia – em Santa Fé
7 de julho – Bolívia 0x2 Costa Rica -em Jujuy
10 de julho – Colômbia 2×0 Bolívia – em Santa Fé
11 de julho – Argentina 3×0 Costa Rica- em Córdoba
GRUPO B:
3 de julho – Brasil 0x0  Venezuela – em La Plata
3 de julho – Paraguai 0x0 Equador – em Santa Fé
9 de julho – Brasil 2×2 Paraguai – em Córdoba
9 de julho – Venezuela 1×0 Equador – em Salta
13 de julho – Paraguai 3×3 Venezuela – em Salta
13 de julho – Brasil 4×2 Equador – em Córdoba
GRUPO C:
4 de julho – Uruguai 1×1 Peru – em San Juan
4 de julho – Chile 2×1 México- em San Juan
8 de julho – Peru 1×0 México – em Mendoza
8 de julho – Uruguai 1×1 Chile – em Mendoza
12 de julho – Chile 1×0 Peru – em Mendoza
12 de julho – Uruguai 1×0 México – em La Plata.

Quartas de final:

  • Sábado, 16h15 – Colômbia 0x2 Peru, em Córdoba – os 2 gols na prorrogação
  • Sábado, 19h15 – Argentina 1×1 Uruguai, em Santa Fé – Urugyuai venceu por 5×4 nos pênaltis
  • Domingo, 16h – Brasil 0x0 Paraguai, em La Plata – Na decisão por pênaltis, o Brasil desperdiçou 4 cobranças. A Albirroja converteu 2.
  • Domingo, 19h15, Chile 1×2 Venezuela, em San Juan
Semifinais :
Terça-feira- Peru 0x2 Uruguai, em La Plata
Quarta-feira- Paraguai 0x0 Venezuela, em Mendoza. Paraguai classificado nos pênaltis
Decisão do 3º lugar – sábado
  • Peru x Venezuela

Finalíssima – domingo

  • Uruguai x Paraguai

Continuar lendo “Copa América 2011”

Uma Copa do Mundo de bandas!

Está no ar desde as quartas de final a edição 69 do programa online Rock Flu, com a segunda parte do especial Copa do Mundo. Desta vez, o convidado de Serginho Duarte e Gustavo Valladares para comentários sobre futebol e música é o guitarrista Renato Zanata, da banda Zanata & Blues Trio, agora um dos titulares da coluna Futebol Argentino, no globoesporte.com. São mais 16 sons, cada um “vestindo” a camisa de uma seleção do Mundial 2010. Países que ainda estão na disputa, que caíram nas quartas, nas oitavas ou não passaram da primeira fase. No Rock Flu, como nas Olimpíadas, o que importa é participar!
Quem ganharia um mata-mata sonoro entre a banda Buitres, vestindo com a conhecida garra uruguaia a linda camisa da Celeste Olímpica e o veterano grupo Golden Earring, com a não mais bela camisa laranja da Holanda?
Podemos até pensar em revanches musicais: Kraftwerk, da favorita Alemanha, pais da música eletrônica, versus Kaiser Chiefs (banda de Leeds, Inglaterra, nome que faz uma referência ao Kaizer Chiefs, time de futebol de Johanesburgo, África do Sul).
Quem ganharia: os Heroes Del Silencio (extinto grupo de hard rock de Zaragoza, Espanha) ou Os Pontos Negros (Portugal)?
Divididos veste a camisa albiceleste da forte cena rock da Argentina). Horkýže Slíže representa o rock da Eslováquia, novata em Copa que eliminou a Azzurra. Também tem música de banda roqueira do Paraguai: Los Rockers.
Elvis Presley, o rei do rock, foi escolhido para representar o supreendente time de Donovan, a seleção de “soccer” dos Estados Unidos.
Os tricolores Serginho e Gustavo não esqueceram quem dançou na primeira fase. Da terra de Didier Drogba, vem o Zoanet Comes (cantor de reggae da Costa do Marfim). Da Nova Zelândia, o país do time dos all blacks ou all whites, dependendo do esporte, se rugby ou futebol, o Rock Flu pescou a banda Atlas. E a Dinamáquina? Não foi deixada de lado, não! Do fundo do baú do rock, o programa tirou o Moses, um trio dinamarquês de hard rock dos anos 70, cujos vinis viraram uma raridade. Da Coreia do Norte (Pochonbo Electronic Ensemble, uma orquestra. E o que mais me chamou a atenção, representando a Argélia, foi Rachid Taha, com uma maneiríssima cover de “Rock the Casbah”, clássico da essencial banda The Clash (discão “Combat Rock”). Coprodutor e um dos apresentadores do programa, Serginho me recomenda o balanço jazz do Manu Dibango, de Camarões.
Acesse www.rockflu.com.br e baixe. Copie num pen e ouça no carro ou enquanto navega aqui pelo blog… Hahaha!

Continuar lendo “Uma Copa do Mundo de bandas!”

De almanaque: os apelidos das seleções

Seleção Canarinho x Oranje (Laranja).
Celeste x Estrelas Negras.
Albiceleste x Mannschaft.
La Roja x Albirroja.
Com uma ajudinha do “Almanaque do Futebol Sportv”, dos jornalistas Gustavo Poli e Lédio Carmona (editora Casa da Palavra), lá vai uma listinha com os apelidos das 8 seleções que disputam as quartas de final do Mundial 2010 na África do Sul. Em geral, determinados pela cor da camisa. Canarinho, você sabe, é o nosso escrete, que no entanto entra em campo nesta sexta-feira em Port Elizabeth de camisa azul. Para diferenciar da Oranje, ou Laranja, a Holanda – e de quebra, claro, vender uniformes esportivos.
Celeste, o selecionado do Uruguai. Estrelas Negras, a seleção de Gana.
Albiceleste é o apelido da seleção Argentina. Mannschaft, o onze nacional da Alemanha.
La Roja é como os espanhóis se referem à seleção deles, aqui no Brasil também chamada de Fúria. E Albirroja é uma referência à cores da camisa do Paraguai, tão bem vestida (e quiçá despida) pela modelo Larissa Riquelme, musa da selección paraguaya

Ellis Park, 24 de junho de 2010

Che cosa!
Depois dos empates contra Paraguai e Nova Zelândia, achei que a Itália se classificaria novamente com um terceiro empate na fase de grupos. Pelo jeito, toda a Squadra Azzurra também confiou nessa tese. Acordou quando perdia por 2×0 da Eslováquia, considera estreante em Copas pela Fifa (para a entidade, a República Checa é a herdeira do passado futebolístico da Checoslováquia). O segundo tempo foi muito maluco. SE tivesse mais cinco minutos… quem sabe, SE a Itália não chegaria ao terceiro empate. Mas não tem SE. A repercussão na Itália foi impactante. O site do Tuttosport abriu tipos garrafais para dizer: “Lippi, a culpa é sua”. A Gazzetta Dello Sport cravou: “Pra casa com Vergonha”. Merecídissima classifcação da Eslováquia, atrás do Paraguai. A Albirroja só empatou com os All Whites, da Nova Zelândia, que hoje foi de All Blacks, mesmo.
No grupo E, formado por Holanda, Camarões, Dinamarca e Japão, quem apostava que o Japão pudesse ser o dono da segunda vaga, hein? Que eficiência na bola parada! O que foi o terceiro gol? Golão! Como joga esse Honda! Era pra ter sido mais do que 3×1…
Olha, não sei se viverei para ver Estados Unidos e Japão campeões do mundo, mas acho que um dia essas seleções emergentes vão chegar lá, sim.

Não faltará a garra uruguaia na Copa

É a seleção com mais garra do mundo. Pode até faltar qualidade, mas os caras lutam pela bola como um faminto por um prato de comida. A duras penas e com muita emoção, o Uruguai é o 32º (e último) classificado para a Copa do Mundo de 2010. Em Montevidéu, a Celeste empatou com a Costa Rica, que também lutou muito. E completa o fechado clube dos campeões mundiais – todos os sete estarão presentes na África do Sul. Hoje a França se garantiu na prorrogação contra a Irlanda em Saint Denis com um gol absurdo… Henry apalpou, arrastou a bola com a mão (se fosse no vôlei ou no handebol, que usam a mão, não valeria… no futebol, pode…). Agora, segurem Les Bleus. E nada de tremer ao ouvir a Marselhesa, galera!

Também se classificaram hoje Argélia (eliminou Egito), Eslovênia (surpreendeu a Rússia), Grécia (barrou Ucrânia e Shevy… que pena) e Portugal (eliminou a Bósnia). Só quero ver se tiver Brasil x Portugal na Copa. Com Deco, Pepe e Liédson do lado de lá. Os grupos da Copa do Mundo 2010 serão sorteados em 4 de dezembro, na Cidade do Cabo!

Últimos 9 lugares para a África do Sul

fwclogo Estamos a 233 dias do pontapé inicial da Copa do Mundo (11 de junho de 2010). Hoje foram sorteados os confrontos que vão decidir as últimas quatro seleções europeias do Mundial. Portugal x Bósnia. França x Irlanda. Rússia x Eslovênia. Grécia x Ucrânia. Os quatro play-offs será disputados em 14 e 18 de novembro. Osvencedores do mata-mata vão à África do Sul. Veja quem já está lá e quem pode ficar com as outras 5 vagas. Continuar lendo “Últimos 9 lugares para a África do Sul”