Enciclopédia (1925-2013)

botafogo (2)

http://www.botafogo.com.br/oclube/idolos.asp
botafogo.com.br/oclube/idolos.asp

Nesta superquarta de grandes decisões e de uma tragédia no estádio da abertura da Copa de 2014, o Brasil perdeu mais um bicampeão mundial. Nilton Santos, o maior lateral-esquerdo de todos os tempos, aos 88 anos, vai jogar lá em cima, onde já estão Gylmar, Djalma Santos, Mané Garrincha e tantos outros campeões.

A camisa 6 alvinegra e amarelinha deveria ser aposentada. Talvez não só no Botafogo e na Seleção – as duas únicas camisas que ele defendeu nos gramados -, mas em todo o futebol brasileiro (na Copa de 58, por uma confusão na inscrição, Nilton Santos jogou com a 12 – Didi foi o 6). Continuar lendo “Enciclopédia (1925-2013)”

“Gigantes do Futebol Brasileiro”

Um perfil de Ronaldo Fenômeno é um dos “extras” da nova edição de Gigantes do Futebol Brasileiro (editora Civilização Brasileira). Editado pela primeira vez em 1965 com perfis de 13 craques (Friedenreich, Fausto, Domingos da Guia, Leônidas, Tim, Romeu, Zizinho, Heleno de Freitas, Danilo, Nilton Santos, Gérson, Garrincha e Pelé), o livro ganhou agora textos sobre duas ausências da “convocação” de 65: Didi e Ademir Marques de Menezes, mais o citado R9, Romário, Zico, Falcão, Tostão e Rivellino. A essa lista de craques, adiciono os nomes dos dois autores dos ótimos textos: João Máximo e Marcos de Castro. Vale a leitura. Mesmo.