Copa do Brasil !

Um barato o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho pegar o Murici (AL) no estádio Rei Pelé, vulgo Trapichão. O São Paulo de Rogério Ceni visitar o Treze no Amigão de Campina. Iape do Maranhão contra o Galo. Comercial (MS) x Vasco. Comercial (PI) x Palmeiras! Ipiranga (RS) x Coxa! Sampaio Corrêa x Sport! Rio Branco (AC) x Furacão! River Plate (SE) x Fogão. Imagine o(s) público(s) da(s) partida(s) entre Corinthians (RN) x Santa Cruz? Faz um agrado nos simpatizantes desses times na região visitada – que só devem aumentar seus fã-clubes por lá. Para alguns, é o nosso torneio mais democrático (tem pelo menos um time de cada estado). Só que a Copa do Brasil poderia ser mais valorizada. Primeiro, se não rolasse nas mesmas datas da Libertadores. Segundo, se tivesse os clubes que disputam a competição continental. Por que Fluminense, Santos, Inter, Cruzeiro, Grêmio e Corinthians não podem disputar a Copa do Brasil? Por que o campeão da Copa do Brasil nunca pode tentar o bi? Ah, faltam datas? Simples. Reforme-se o calendário. Estaduais muito mais curtos, com uma fase de grupos e depois mata-mata. Copa em datas nobres, finais em fins de semana, sem concorrer com Libertadores.

Para variar, deixo aqui a dica do livro cuja capa ilustra o post. “20 Anos da Copa do Brasil – De Kaburé a Cícero Ramalho”, de Alex Escobar e Marcelo Migueres, foi lançado no começo de 2009 pela editora Viana e Mosley, portanto, não inclui as conquistas do Santos (2010) e Corinthians (09).