#FlashbackFriday: mascotinhos criados por Lais Sobral para seleções, em 2014.

#FlashbackFriday: mascotinhos criados por Lais Sobral para seleções, em 2014.

Antes do Mundial de 2014, disputado no Brasil, o blog Fut Pop Clube encomendou à artista plástica mineira Lais Sobral ilustrações sobre os 32 países classificados para a Copa disputada no Brasil. Nesta #FlashbackFriday, vamos lembrar 20 mascotinhos inventados pela Lais Sobral para seleções que também participam da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Começando pelo bloco das quatro seleções já garantidas nas oitavas de final, até este nono dia de bola rolando. Rússia, Uruguai, França e Croácia.

Abaixo, uma galeria de mascotinhos bolados pela artista plástica em 2014 para 14 das 23 seleções que estão lutando por vaga nas oitavas em 2018! Começando pela arara azul que a Lais desenhou para homenagear o Brasil. A Colômbia é representada por um tigre – apelido do centroavante Falcao García.

Para terminar a série, mascotinho virtual da Costa Rica, que não tem mais chances de classificação, assim como Egito, Arábia Saudita, Marrocos e Peru.

Continuar lendo “#FlashbackFriday: mascotinhos criados por Lais Sobral para seleções, em 2014.”

Caminho mais curto para a Libertadores?

Ok, mas a Copa do Brasil não pode ser considerada somente isso. É a segunda competição mais importante do nosso futebol, atrás do Brasileirão. Um barato o Palmeiras jogar contra o Flamengo – do Piauí – no Albertão de Teresina. o Vasco encarar o Sousa no Almeidão, o Grêmio pegar o Araguaia,  o Bota encarar o São Raimundo em Santarém. Faz um agrado nos simpatizantes desses times na região visitada – e só deve aumentar o fã-clube. Para alguns, é o nosso torneio mais democrático. Só que a Copa do Brasil poderia ser mais valorizada. Primeiro, se não rolasse nas mesmas datas da Libertadores. Segundo, se tivesse os clubes que disputam a competição continental. Se o Barça, campeão de tudo, tentava o bi da Copa do Rei na Espanha até ser eliminado pelo Sevilla;  se Manchester United, Arsenal, Chelsea que também estão na Champions, disputam tudo quanto é Copa na Inglaterra, por que Flamengo, Inter, São Paulo, Cruzeiro e Corinthians não podem disputar a Copa do Brasil? Por que o campeão da Copa do Brasil nunca pode tentar o bi? Ah, faltam datas? Simples. Reforme-se o calendário. Estaduais muito mais curtos, com uma fase de grupos e depois mata-mata. Copa em datas nobres, finais em fins de semana, sem concorrer com Libertadores.

Para variar, deixo aqui a dica do livro cuja capa ilustra o post. “20 Anos da Copa do Brasil – De Kaburé a Cícero Ramalho”, de Alex Escobar e Marcelo Migueres, foi lançado no começo do ano passado pela editora Viana e Mosley, portanto, não inclui a conquista de 2009 pelo Corinthians. E uma dica de blog. O curiosíssimo Bola de Meia, Bola de Gude, no Globo Online, compilou uma série de mascotinhos dos clubes envolvidos na edição 2010 da Copa do Brasil.