Uma seleção do Nordeste, no novo número da revista “Corner”.

Uma seleção do Nordeste, no novo número da revista “Corner”.

O primeiro brasileiro a jogar no campeonato inglês (e a vestir a camisa de uma seleção da liga inglesa). A conexão Nordeste – Portugal de exportação de jogadores. A relação entre o mangue bit (movimento do saudoso Chico Science, de sua Nação Zumbi e também do Mundo Livre) e o futebol. Almir Pernambuquinho. O número 3 da revista Corner foi lançado agora, no finalzinho de janeiro, e como você pode perceber, o tema dessa edição é o futebol nordestino (saiba como comprar aqui).

E muitas entrevistas: Continuar lendo “Uma seleção do Nordeste, no novo número da revista “Corner”.”

Um jogo que começou no ritmo rock do AC/DC e terminou com o sambalanço de “Meu Esquema”

Rivaldo Maravilha depois de mandar mais um gol. Golaço! O quarto do tricolor paulista FOTO WAGNER CARMO Vipcomm

“Hell´s Bells”! Por influência do goleiro-artilheiro, capitão e futuro manda-chuva Rogério Ceni, que gosta de rock, o São Paulo tem entrado em campo ao som dessa pauleira do AC/DC (que tocou em novembro de 2009 no estádio do Morumbi – leia meu post anterior). O tricolor começou mesmo em ritmo de hard rock, com uma grande chance de gol, a 1 minuto e meio de partida. Mas dormiu no ponto e chegou a levar um sufoco do Ceará, agora treinado por Estevam Soares, que aprontou lá pelo lado direito da defesa paulista. No finzinho do primeiro tempo, os dois laterais são-paulinos – Juan e o paraguaio Piris – deram a vantagem e a tranquilidade do tricolor.

Dois vira, quatro acaba? Talvez não fosse tão simples assim, não fosse a entrada de Rivaldo, experiente camisa 10 do São Paulo, no lugar do jovem centroavante Henrique, antes do primeiro terço do segundo tempo. Casemiro fez o terceiro gol, num tirambaço de fora da área.

Outra pintura: jogada de Lucas, bastante atuante, cruzamento de Juan e chute de primeira de Rivaldo. Golaço! O pentacampeão mundial ainda deu mais show, com ótimos lançamentos, assistências – proporcionou com toque de classe uma clara chance de gol desperdiçada por Cícero.

Quando vejo Rivaldo brilhar, não tenho como não pensar na belíssima balada pentacampeã do grupo pernambucano Mundo Livre S/A, “Meu Esquema”.  Que cita Rivaldo no meio dos galanteios a uma princesa, galega guapíssima. “Ela é o que meu médico receitou/Rivaldo Maravilha mandando um gol”, na chapação do samba camisa 10 do Mundo Livre.

Mas como este é um blog mais de comportamento do que de resultados, não tenho como não mencionar a quantidade impressionante de mascotinhos que entram em campo acompanhando o goleiro-roqueiro Rogério Ceni. Nas arquibancadas, o pessoal sorri com a imagem da molecadinha em disparada para o túnel, antes de o jogo começar.

Agora, o marketing do São Paulo deveria pensar seriamente num plano para que o Morumbi não recebe menos de 22 mil pessoas (público de hoje) daqui até o fim da carreira de Rogério Ceni. Tem que ser trabalhado isso. O mito está na sua última centena de jogos, aproximadamente. Podem faltar umas 50 partidas apenas com o Rogério Ceni no gol tricolor. Já pensou nisso, torcedor são-paulino, ô “da poltrona”? Deixa o rock rolar! Continuar lendo “Um jogo que começou no ritmo rock do AC/DC e terminou com o sambalanço de “Meu Esquema””

Rivaldo Maravilha

O cara se destacou na campanha do Brasil na Copa de 98. Há quem considere que ele foi o craque da Copa de 2002 (me incluo nessa). Rivaldo Victor Borba Ferreira.  Revelado pelo Santa, se deu bem no Mogi, passou pelo Corinthians, acabou contratado pelo Palmeiras multicampeão da era Parmalat. Foi pro Depor. De La Coruña, a Barcelona, onde brilhou… e se desentendeu com o mala do Van Gaal.  Milan, Cruzeiro, Olympiakos, AEK, Bunyodkor, São PauloFC, algumas passagens rápidas, outras vitoriosas, Rivaldo está aí, mandando uns gols. Na letra da jorge benjoriana balada do Mundo Livre S/A, Meu Esquema, seu futebol é comparado a uma princesa.  “Ela é o que meu médico receitou… Rivaldo Maravilha mandando um gol”. Recomendo a música, o disco (Por Pouco), o show do Mundo Livre logo mais (veja na minha Coluna de Música). Recomendaria Rivaldo Maravilha a qualquer clube do Brasil.
Performance em Copas: 14 jogos , 11 vitórias , 1 empate , 2 derrotas, 8 gols.

Samba Esquema Dub

1909_mundolivresaNo day after do baile de 15 anos do espetacular Da Lama ao Caos, de Chico Science (que faz falta!) & Nação Zumbi (na ativa!), hoje é a vez da banda Mundo Livre S/A comemorar 25 anos de estrada (haja estrada para uma banda pernambucana neste Brasilzão!). O quinteto toca neste sábado, 19 de setembro, no Studio SP (rua Augusta, 591, centro de SP). Digo, toca já na madrugada de sábado para domingo. Continuar lendo “Samba Esquema Dub”

Da Lama ao Caos

flyer_nz-citi_net1-243x300O discão de estreia de Chico Science & Nação Zumbi vai ter seus 15 anos lembrados nesta sexta-feira, 18 de setembro, em S.Paulo. A banda Nação Zumbi vai tocar o sensacional  Da Lama ao Caos inteiro, da primeira à última faixa. Lá estão algumas das melhores músicas dessa fusão saborosa de guitarras envenenadas com beat  e bits pernambucanos. Rios Pontes e Overdrives, A Cidade, A Praieira (“uma cerveja antes do almoço é muito bom/pra ficar pensando melhor), Da Lama ao Caos, Risoflora… Continuar lendo “Da Lama ao Caos”