A jovem Inglaterra para a Copa 2018

A jovem Inglaterra para a Copa 2018

Gostei de um vídeo da Footbal Association: a federação inglesa anunciou os 23 convocados pelo técnico Gareth Southgate para a Copa na Rússia com um clip divertido e bem produzido.


E não é só o vídeo da convocação que tem uma linguagem pra atrair a molecada. Jovem técnico, Southgate convocou um English Team com apenas cinco remanescentes do ‘grupo da morte’ no Mundial 2014, disputado aqui no Brasil. O Tottenham é o clube mais representado (5 jogadores dos Spurs), à frente do novo campeão inglês, Man City (quatro atletas), Man United (também quatro), Liverpool (dois do finalista da Champions foram chamados), Leicester (dois do antepenúltimo campeão inglês). O Chelsea, campeão da temporada passada, tem o experiente Cahill no time que vai à Rússia e mais o jovem Ruben Loftus-Cheek, emprestado ao Crystal Palace.Arsenal, Everton, Stoke, Burnley cederam um cada.
Goleiros:

  • Jack Butland, Stoke City, 25 anos
  • Jordan Pickford, Everton, 24 anos
  • Nick Pope, Burnley, 26 anos

Defensores:

  • Ashley Young, Manchester United, 33 anos
  • Gary Cahill, Chelsea, 33.
  • John Stones, Manchester City, 24.
  • Kieran Trippier, Tottenham Hotspur, 28 anos
  • Kyle Walker, Manchester City, 28 anos.
  • Danny Rose, Tottenham, 28 anos.
  • Fabian Delph, Manchester City, 29 anos
  • Harry Maguire, Leicester City, 25.
  • Phil Jones,Manchester United, 26 anos
  • Trent Alexander-Arnold, Liverpool,20 anos, chamado pela primeira vez para a seleção principal

Meio-campistas:

  • Eric Dier, do Tottenham, 24 anos.
  • Jesse Lingard, Manchester United, 26 anos
  • Ruben Loftus-Cheek, estava no Crystal Palace, emprestado pelo Chelsea, 22 anos
  • Jordan Henderson, Liverpool, 27
  • Dele Alli, Tottenham, 22 anos

Atacantes:

A Europa é azul! O Chelsea é o novo campeão da Champions League.

Flâmula do dia: Chelsea
Flâmula do dia: Chelsea

O clube comandado por Roman Abramovich nos bastidores e por Di Matteo no campo entrou neste sábado para a galeria dos campeões europeus. O Chelsea saiu perdendo contra o Bayern (por acaso e competência o dono da casa), empatou com Drogba, viu Cech pegar um pênalti batido por Robben no 1º tempo da prorrogação, e virou nos pênaltis.
Como se defende bem o Chelsea de Di Matteo, ex-meio-campista de times como o Zürich, a Lazio e o próprio Chelsea! Defesa faz parte do jogo… Também, com um gigante como Cech no gol, fica tudo mais fácil… Parabéns a esses heróis e aos brasileiros David Luiz e Ramires (decisivo nas semifinais com o Barça) pelo primeiro título da Liga dos Campeões do Chelsea. Merecido.

No começo do mês, os azuis de Londres já tinham conquistado a FA Cup, a tradicional Copa da Inglaterra, ao derrotar o Liverpool. Aliás, o clube de Abramovich ganhou quatro das últimas seis FA Cups, já na “era Abramovich”, magnata russo do petróleo, que contrata e manda embora com a mesma facilidade. Nesse período, os Blues também faturaram três campeonatos ingleses (o bi da Premier League em 2004-05 e 2005-06 e depois em 2009-10).
O Chelsea jogou no 4-2-3-1 da moda com : Cech; Bosingwa, Cahill, David Luiz, Cole; Mikel, Lampard; Kalou (Torres 83), Mata, Bertrand (Malouda 72); Drogba.
O Bayern Munich também usou o 4-2-3-1: Neuer; Lahm, Tymoshchuk, Boateng, Contento; Schweinsteiger, Kroos; Robben, T Muller (Van Buyten 85), Ribéry (Olic 96); Gomez.

Gols: Thomas Müller (37 do segundo tempo) e Drogba (43 do 2º tempo).
Veja dentro do post a lista atualizada dos campeões da Copa/Liga dos Campeões, desde a temporada 1955-56. Continuar lendo “A Europa é azul! O Chelsea é o novo campeão da Champions League.”