O quinto beatle e o pai do Guardiola

Cartaz espanhol do filme de David Trueba
Cartaz espanhol do filme de David Trueba

Um professor usa as letras dos Beatles para ensinar inglês em Albacete, na Espanha, em 1966 – portanto, um país governado com mãos de ferro pelo general Francisco Franco. Antonio San Román (o ótimo Javier Cámara) fica sabendo que seu ídolo John Lennon está em Almería, no sul do país, rodando o filme “Como Eu Ganhei a Guerra”, de Richard Lester, o mesmo diretor de “Os Reis do Iê-Ie-Iê (título brasileiro de “A Hard Days Night”) e “Help”. O professor beatlemaníaco quer porque quer falar com Lennon. Cai na estrada e vai dando carona, primeiro para Belén (Natalia de Molina, esplendorosa), depois Juanjo (Francesc Colomer, de “Noite de Verão em Barcelona“, em cartaz em São Paulo), dois jovens que (como todos) querem tomar as suas próprias decisões. E isso, na Espanha franquista. “Viver É Fácil com os Olhos Fechados”de 2013, é um belíssimo road movie do espanhol David Trueba em homenagem a John Lennon e certamente a algum professor. Um filme delicado, que fala sutilmente de uma ditadura e inspira a busca pela realização dos sonhos de cada um. De quebra, tem a estreia do pai do técnico Guardiola no cinema. Isso mesmo. Trueba é muito amigo de Pep. Convidou o pai dele, Valentí Guardiola, para uma ponta em “Viver É Facíl…”. Preste atenção na primeira cena na casa da família de Juanjo. Seu Guardiola vive o senhor catalão, o barbeiro que visita a família para cortar o cabelo do pessoal.
Continuar lendo “O quinto beatle e o pai do Guardiola”

Em cartaz: “Noite de Verão em Barcelona”.

Outubro de 2016

14570592_1226283970761321_255470170006869469_o
Poster brasileiro de “Noite de Verão em Barcelona” -Pandora Filmes

De uma noite para um dia de agosto de 2013, o cometa Rose atravessou o céu de Barcelona. O filme de estreia de Dani de Orden conta seis histórias de amor paralelas, com capítulos decisivos naquela noite de espera. E o que esse drama romântico está fazendo num blog sobre futebol, noves fora a paixão do blogueiro pela capital da Catalunha?

Numa das seis histórias, o par romântico é formado por  dois jogadores de futebol. Jordi e Marc, personagens fictícios, jogam no Sabadell, tradicional clube catalão que hoje disputa o grupo 3 da Segunda B, terceira divisão do futebol espanhol (no momento, está em oitavo no grupo 3, que inclui times da Catalunha e Aragão). Jordi é contratado pelo Barça e… e mais não posso contar, para não ser spoiler do filme “Noite de Verão em Barcelona”, que estreou em 13 de outubro em S.Paulo (cine Caixa Belas Artes). Em todo caso, já deu pra perceber que o roteiro toca num dos maiores tabus do futebol.

Mas que belo estádio e bela camisa tem o Sabadell!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo “Em cartaz: “Noite de Verão em Barcelona”.”