¡Enhorabuena al Depor! O Deportivo La Coruña subiu!

Publicado em 28 de maio de 2012

Flâmula do centenário do Depor, em 2006

Confesso que fiquei muito contente com esta notícia: o Deportivo La Coruña foi o campeão da Liga Adelante (a segundona da Espanha) e garantiu a volta à Liga das Estrelas, a elite do futebol espanhol! Feliz por causa do destaque que alguns brasileiros tiveram por lá (Rivaldo, Bebeto, Donato, Mauro Silva, Djalminha, Luizão, Flávio Conceição, César Sampaio e, mais recentemente, Filipe Luís); da bela cidade que é A Coruña (grafia em galego; La Coruña é em castelhano), do belo estádio (municipal) Riazor,  em frente à orla da cidade (veja a evolução do estádio, inaugurado em 1944). O Dépor foi campeão espanhol na temporada 1999/2000. Tomara que as finanças estejam mais arrumadas e o clube fique no lugar que merece: a primeira divisão.

Site oficial do Dépor: canaldeportivo.com/


Depor

identidad_escudoO lateral brasileiro Filipe Luís e o Deportivo La Coruña são temas da edição do programa Expresso da Bola, em cartaz nos canais Sportv. Em meia hora de programa, você conhece o lateral-esquerdo convocado por Dunga para a Seleção, que já foi do Real Madrid “B” e o Brcelona quis comprar do Deportivo. Aprende um pouco mais sobre a vida do “Dépor”, clube que já teve os brasileiros Rivaldo, Djalminha, Mauro Silva e Donato, sobre a maravilhosa A Coruña (nome da cidade em galego), sobre a Galícia, uma das comunidades autônomas da Espanha, e o futebol daquele país. O Super Dépor foi campeão Espanhol em 99/00 e atualmente está em 4º lugar na liga espanhola- logo abaixo do Sevilla, adversário na semana que vem (na Europa, as ligas nacionais param para as Eliminatórias, ao contrário do Brasil…). Há alguns anos, estive rapidamente em A Coruña. Fiquei encantado pela orla bem cuidada, cheia de monumentos de Botero, que podem ser apreciados de uma espécie de bonde que percorre a avenida. Numa ponta a Torre de Hércules. Na outra, o estádio Riazor, bem na frente da praia. Que pena que não deu para ver um jogo do Dépor no estádio, que pela sua aparência já foi comparado (com certo exagero) ao museu Guggenheim de Bilbao.

Por falar em rádio…

Uma grande opção contra o baixo astral de ficar parado no congestionamento paulistano de toda santa sexta-feira é o programa Fim de Expediente, rádio CBN, das 19h às 20h. Ontem, Dan Stulbach, José Godoy e Luiz Gustavo Medina conversaram com o Mauro Silva. O ex-volante da Seleção do Tetra em 94, Guarani, Bragantino e Deportivo La Coruña voltou a dizer que gostaria de ter jogado no seu time de coração, o São Paulo. Ganhou o nome numa homenagem do pai ao Maurinho, ponta-direita tricolor de 1952 a 59. Dá para ouvir o programa aqui.