“Washington & Assis – Recordar é viver”.

Publicado em 24 de fevereiro de 2015

Os bustos criados por Antônio Liboredo, em foto de Sergio Duarte, do Rock Flu : https://www.facebook.com/pages/Rock-Flu/1441330556101607?fref=nf
Os bustos criados por Antônio Liboredo, em foto de Sergio Duarte, do Rock Flu : https://www.facebook.com/pages/Rock-Flu/1441330556101607?fref=nf

O Fluminense inaugura nesta noite na sua sede os bustos dos ídolos Washington e Assis. Homenagem póstuma merecida a esses senhores que vestiram com muita garra as belas camisas – tanto a 1 como a 2 – do tricolor das Laranjeiras!

Também nesta terça-feira o Flu-Memória lança o livro “Washington & Assis – Recordar é viver”, obra de Heitor D´Alincourt, Dhaniel Cohen e Carlos Santoro. O livro tem 208 páginas e mais de 600 fotos, muitas ainda inéditas. É bom correr, porque a maioria vai para os tricolores que fizeram vaquinha pelo sistema de crowdfunding.
Nosso amigo tricolor das Laranjeiras, o Serginho Duarte, do Rock Flu, informa que o Casal 20 também é tema da nova exposição interativa na Sala de Troféus do Flu.
Continuar lendo ““Washington & Assis – Recordar é viver”.”

“Recordar é Viver”.

A torcida do Fluminense se mobilizou para viabilizar via “crowfunding” (uma espécie de vaquinha virtual) um livro sobre os ídolos Washington e Assis, que se entendiam tão bem dentro do campo que a dupla ganhou o apelido de “Casal 20”.
E agora os tricolores podem escolher a capa do livro “Washington & Assis – Recordar é Viver”, escrito a 6 mãos por  Heitor D’Alincourt, Dhaniel Cohen e Carlos Santoro. Veja as opções abaixo e vote neste link aqui.

https://www.facebook.com/FluminenseFC?
https://www.facebook.com/FluminenseFC?

Assis se foi. Nem um mês e meio depois de Washington.

FOTO: Bruno Haddad / Fluminense FC
FOTO: Bruno Haddad / Fluminense FC

A notícia entristeceu o domingo, especialmente para os torcedores do Fluminense e do Atlético Paranaense. Assis se entendeu tão bem com seu parceiro de ataque Washington, que a dupla ganhou o apelido de “Casal 20” (título de um seriado de TV bastante popular nos anos anos 80). Por ironia do destino, Washington morreu em 25 de maio. Assis foi embora na madrugada deste domingo, 6 de julho.

Para sacar a importância de Assis para o Fluminense campeão brasileiro em 1981 e tri carioca entre 1983 e 1985, recomendo assistir ao filme “Fla x Flu – 40 Minutos Antes do Nada”, disponível em DVD e no canal Now. Continuar lendo “Assis se foi. Nem um mês e meio depois de Washington.”

Guerreiro

http://www.facebook.com/FluminenseFC
http://www.facebook.com/FluminenseFC

11 de dezembro de 1983. Fla-Flu decisivo do campeonato carioca. O empate era tudo o que o rubro-negro precisava para eliminar o tricolor no triangular final que também teve o Bangu. Mas aos 45 do segundo tempo, o guerreiro Assis entra pela direita e tira do goleiro Raul. Aquele Fluminense de guerreiros acabaria sendo tricampeão estadual. 1983, 84, 85. E campeão brasileiro em 1984.

http://www.facebook.com/FluminenseFC
http://www.facebook.com/FluminenseFC

O Fluminense apresentou na terça-feira sua nova camisa nº 2, inspirada no uniforme branco de 1983, usado por Assis no gol que acabou sendo o do título. O “carrasco” Assis, o paraguaio Romerito, craques do atual elenco, dirigentes e torcedores participaram do lançamento, com o slogan “Recordar é Viver”, que está na gola.

44327_515854761805590_315414517_n
http://www.facebook.com/FluminenseFC

Continuar lendo “Guerreiro”