Tito Vilanova, guerreiro.

Fazia um tempo que não tinha notícias do ex-técnico do Barcelona. Na sexta-feira, me deparei com um título do jornal Sport, da Catalunha: Tito Vilanova tinha sido internado às pressas, para uma cirurgia.

A pior notícia veio poucas horas depois. Morreu o Tito Vilanova. 45 anos!

As bandeiras na sede do Barça foram hasteadas a meio mastro. O clube que Tito defendeu como jogador (Barça B) e depois como técnico campeão e recordista (100 pontos, na liga espanhola 2012-2013) vai respeitar um minuto de silêncio nos dois próximos jogos.

O Bayern de Pep Guardiola (de quem Tito foi mais que um braço direito, foi conselheiro e sucessor)  fez um minuto de silêncio, em partida da liga alemã.

Na base do Barça, foi técnico de Fàbregas, Piqué e de ninguém menos que Messi.

Como escreveu o jornalista Manuel Malagón no diário madrilenho Marca, Vilanova tinha o “DNA do Barça”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s