Este era mesmo um Escrete do Rádio

rádio globo
Anúncio publicado em 1978

Meus amigos… começaria João Saldanha, o comentarista que o Brasil inteiro consagrou…
… como seria um gol transmitido por diferentes gerações da equipe de esportes da rádio Globo do Rio?

O saudoso Jorge Curi poderia narrar, com seu vozeirão, bem de família.

Anotem… tempo e placar no maior do mundooooo!

Seu colega Waldir Amaral anunciaria um bordão clássico.

Bololô na área…

… enquanto o garotinho José Carlos Araújo poderia acrescentar

Preparou, apontou, entrou! Golão, golão, golão!

Mário Vianna, sempre com dois “N”, aprovaria.

Goool legal!

Voltaria Waldir…

Tem peixe na rede do … Indivíduo competente…

Minha homenagem às grandes equipes esportivas da Rádio Globo, que comemorou 70 anos.

O site da emissora publicou uma infográfico em forma de história em quadrinhos multimídia, maneiríssima, com áudios.

E muitos áudios históricos, como a final do Mundial de Clubes de 1981, que o Flamengo faturou em cima do Liverpool, e narrações do pai da matéria, Osmar Santos, da Rádio Globo São Paulo. Clique aqui para ouvir tudo isso. Continuar lendo “Este era mesmo um Escrete do Rádio”

“30 Gols Históricos do Rubro-Negro”

Publicado originalmente em abril de 2010

Aproveito a reta final do Estadual do Rio para voltar a falar da coleção de CDs lançados pela rádio Globo do Rio com gols históricos dos 4 maiores times da Cidade Maravilhosa. “30 Gols Históricos Rubro-Negros” começa com um gol de Zico no Brasileiro de 74 e termina com um de Adriano já na Libertadores 2010. Estão aqui gols da Libertadores e do Mundial de 81… dos Brasileirões vencidos pelo Flamengo – o de 92, contra o Bota, representado por um tento da 1ª partida decisiva de “Ju… Ju… Júnior”, na voz de José Carlos Araújo – e de estaduais, como o de 2009, quando o rubro-negro faturou seu 5º tri estadual -representado por gols de Kléberson no tempo normal e na cobrança de pênaltis, seguido pela defesa de Bruno. E o saudoso Jorge Curi quase perde a voz para narrar o “golaço aço aço” de Andrade, “camisa meia dúzia”, o sexto no jogo da revanche, quando o Flamengo devolveu ao Botafogo os 6×0 de 1972. Foi um golaço aço aço, mesmo, Curi. Ouça um teaser promocional dos CDs lançados pela 1220.