100 anos de Botafogo x Flamengo. 100 anos do estádio de General Severiano.

Imagem: http://www.flickr.com/photos/botafogooficial/
Imagem: http://www.flickr.com/photos/botafogooficial/
sbl_01
Primeiro escudo (não-oficial) do Botafogo. FONTE: http://www.bfr.com.br/oclube/simbolos.asp

13 de maio de 1913. Botafogo 1×0 Flamengo. Gol de Mimi Sodré. A primeira partida do campeonato carioca de 1913 foi a primeira do estádio de General Severiano e também o primeiro clássico entre Bota e Fla. O site oficial do Fogão destacou o centenário do clássico e do campo alvinegro, que deixou de ser usado como estádio com a venda para a Vale do Rio Doce, em 1976. O site reproduz também uma sensacional crônica de Mauro Beting, publicada no “Lance!” O Glorioso voltou à sede General Severiano em 1994. Desde 2004, ela abriga o Centro de Treinamento João Saldanha. Tem sala de troféus, loja oficial e complexo social e esportivo. Continuar lendo “100 anos de Botafogo x Flamengo. 100 anos do estádio de General Severiano.”

Museu do Futebol II. Anjos barrocos.

museu4Gilmar (ou Taffarel), Djalma Santos (80 anos), Carlos Alberto Torres, Nilton Santos, Roberto Carlos; Falcão, Didi e Zizinho; Garrincha, Pelé e Ronaldo. Ou que tal um meio com Gérson (Zico), Sócrates e Rivellino (Zagallo)? E um ataque com Romário, Tostão e Rivaldo? Esse timaço virtual que  joga na sala Anjos Barrocos, do Museu do Futebol, ainda conta com Ronaldinho Gaúcho, Bebeto, Jairzinho, Julinho Botelho e Vavá.

Outra sala que emociona no percurso do torcedor é a dos gols. Depoimentos de craques da mídia sobre seus lances favoritos. E narrações de clássicos do rádio esportivo brasileiro.  Osmar Santos, o Pai da Matéria, esmerilha num gol de Jorge Mendonça, o “Jojô Beleza”. Mesmo que você não seja palmeirense, não tem como não se arrepiar. Grande Osmar. Grande Jorge Mendonça!

Leia também:

https://futpopclube.wordpress.com/2009/05/22/sobre-bonde-de-200-contos/

Museu do Futebol

Na grande área do Museu
Na grande área do Museu

Uma visita ao Museu do Futebol é um programa muito interessante para torcedores de todas as idades, estados e bandeiras. Já entrou até no roteiro de pacotes de turismo cultural por São Paulo. O museu está acima de clubismos e bairrismos. Um clube da série C tem ficha do mesmo tamanho do campeões nacionais. Pode ser lembrado de igual para igual na primeira sala, Na Grande Área – que lembra visual de bar temático. Destaque para os jogos interativos (motivos de alegria da criançada e muita fila), tributos a Pelé, Garrincha e Copas do Mundo.  Continuar lendo “Museu do Futebol”

Futebol em 11 ritmos: 10) BALADA

Fut Pop Clube – Uma balada nota 10?

BETO XAVIER – “BALADA Nº 7 (Mané Garrincha)“, cantada pelo MOACYR FRANCO (autoria de Alberto Luiz, disco Nosso Primeiro Amor, 1970)

Mais informações no capítulo 17 do livro do Beto, Futebol no País da Música.

P.S. – Na segunda quinzena de junho de 2009, o palmeirense Moacyr Franco foi convidado do programa Loucos por Futebol, que a propósito dos 10 anos da Libertadores de 1991, lembrou da música O Amor é Verde e da versão do cantor para o hino do Palmeiras, em ritmo de valsa.