Time – e torcida – de guerreiros.

Ganar, ganar, ganar y volver a ganar“,o  lema de Luis Aragonés, ídolo dos #rojiblancos como jogador e técnico (morreu há 2 meses), foi lembrado pelo mosaico da torcida no Calderón.

Depois de 40 anos, o Atlético de Madrid volta a uma semifinal de Champions. A principal competição europeia ainda se chamava Copa dos Campeões quando o Atleti chegou. Na temporada 1973/74, perdeu a final da Europa para um tal de Bayern. Mas os colchoneros disputaram a Copa Intercontinental (ou Mundial de Clubes, ao gosto do freguês) porque os bávaros desistiram. E em duas partidas contra o então o bicho-papão da Libertadores, Independiente de Avellaneda, cá e lá, o Atlético foi campeão do mundo. Na virada do milênio, o Atlético (que nunca tinha caído na liga espanhola) passou duas temporadas no inferno da segundona. Nos últimos anos, voltou a ganhar copas. Liga Europa (2 vezes), Supercopa de Europa (outras duas), uma Copa do Rei (2013). O time em que brilharam os brasileiros Luís Pereira, Leivinha e Juninho Paulista, hoje tem o excelente zagueiro Miranda, o lateral Filipe Luís e os Diegos (Costa e Ribas – o ex-santista foi importantíssimo nestas quartas de final). O grande e tradicionalíssimo clube espanhol voltou a crescer, no meio da dicotomia Real Madrid x Barça. E nesta temporada (2013-14), o time de guerreiros de Diego Simeone voltou a disputar pra valer a liga espanhola, com chances reais de título. Lidera a competição neste momento. Mas a última partida é fora de casa. Contra o Barcelona que o #Atleti eliminou hoje da Europa. Koke, 1×0. Fora o show de bolas na trave. Este bravíssimo Atleti está entre os quatro melhores da Europa, ao lado do campeão Bayern, que eliminou o Man United, do Chelsea e do vizinho Real Madrid, que tem um quintal bem maior e eliminou um também bravo Borussia Dortmund. Sorteio das semifinais na sexta-feira. 7h, horário de Brasília. Boa sorte, guerreiro! Continue lendo

Oito times de olho na “orelhuda”

Se o mata-mata da Champions é um jogo de 180 minutos, como diria o outro, que virada do Manchester United! Van Persie, com um hat-trick, Giggs, Rooney, De Gea… foram decisivos.

A Uefa sorteia amanhã as quartas de final da Liga dos Campeões. Sorteio puro. Nada impede que tenhamos Real x Barça, Chelsea x Man Utd, Bayern x Borussia….

Continue lendo

Barça à la Simpsons

FC Springfield?

Neymar, Messi, Xavi e Iniesta viraram “personagens” dos Simpsons. Pelo menos numa linha que o Barça e a Fox (que tem os direitos da série) vão lançar até 2015. Até 10 jogadores do clube #blaugrana podem ganhar produtos com visual inspirado pela animação de Matt Groening, que está comemorando 25 temporadas.
Continue lendo

Oitavas da Champions

Repassando os confrontos das oitavas da Liga dos Campeões da Europa…
2038562_w1
Depois de City x Barça e Bayer Leverkusen x PSG… nesta quarta vamos ter mais 2 jogões:

  • Arsenal x Bayern de Munique
  • Milan x Atlético de Madrid

Terça-feira que vem, dia 25 Continue lendo

Os grupos da Champions… a caminho de Lisboa.

estadio-da-luz-2
O estádio da Luz, catedral para os adeptos do Benfica, vai receber a final da Liga dos Campeões 2013-2014, em 24 de maio do ano que vem. Até lá, um longo e tortuoso caminho, a começar pela fase de grupos. Confira as pedreiras para o(s) seu(s) time(s) favorito(s) na Europa, a partir de 17 e 18 de setembro, grupo a grupo. Continue lendo

“Coleção” Premier League

O Fut Pop Clube preparou uma galeria com os uniformes para a temporada 2013-14 dos 20 clubes da Premier League, listados por ordem alfabética. Tem até os terceiros uniformes, quando disponíveis.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continue lendo

“A História das Camisas dos 10 Maiores Times da Europa”

Historia_camisas_europa_300_CMYK
Você sabia que durante a Segunda Guerra, o Bayern de Munique (que tinha presidente e técnico judeus) foi obrigado a usar o escudo do Partido Nacional Socialista, dos nazistas?
Por que o FCB do distintivo do Barça virou CFB entre 1939 e 1974?
Em que período da vida política italiana a Internazionale de Milão virou Ambrosiana e usou uma camisa branca com a cruz vermelha símbolo da cidade, depois relançada em 2007?
Você sabia que o durante o período fascista na Itália, o Milan (nome da cidade de Milão em inglês, em homenagem aos fundadores do clube) foi obrigado a “italianizar” o nome, para Milano, e teve que ostentar um distintivo fascista em amistosos internacionais?
E que o Corinthian inglês (que inspirou nome e camisa do Corinthians Paulista) também influenciou a escolha da camisa, branca, do Real Madrid, em 1902?
E que o Arsenal, fundado em 1886, só começou a usar o tradicional uniforme vermelho com as mangas brancas em 1933?
Quando o Manchester United adotou seu uniforme vermelho?
Quais eram as cores do Liverpool, quando foi fundado, em 1892?
Que clube inglês influenciou o uniforme “bianconero” da Juve, depois que a Vecchia Signora usou uma ‘malha rosa’, em seus primeiros passos?
“Blue is the colour, football is the game”. Mas em que ano o Chelsea, fundado em 1905, adotou o azul-royal?
Tudo isso está no livraço “A História das Camisas dos 10 Maiores Times da Europa” (Panda Books), de Mauricio Rito e Rodolfo Rodrigues, que acaba de chegar às livrarias.
Cada mudança importante no “manto” dos clubes citados, desde o ano de suas fundações, é mostrada pelas ilustrações de Mauricio Rito e pesquisa de Rodolfo Rodrigues, no padrão de lançamentos anteriores da Panda, como “A História das Camisas dos 12 Maiores Times do Brasil” e “A História das Camisas de Todos os Jogos das Copas do Mundo”. Mais de 1.400 camisas foram reproduzidas – já tem os uniformes da temporada 2013/2014, como as cores da ‘senyera’ no uniforme 2 do Barça. Detalhes como mudanças de escudo, de fornecedores de material esportivo e patrocinadores não são esquecidos. Há ainda um capítulo especial sobre as decisões da Copa/Liga dos Campeões, desde 1956 – com o desenho dos uniformes usados pelos finalistas, claro!

A noite de autógrafos será em 23 de julho, às 19h, na Saraiva do Eldorado, em São Paulo. Veja o flyer dentro do post.
Continue lendo

Um gigante de 1m89

Maracanã, 30/06/2013. Foto: WAGNER CARMO | Vipcomm.

Maracanã, 30/06/2013. Foto: WAGNER CARMO | Vipcomm.

1013062_401700893284609_763310495_nO moço de Diadema, SP – que saiu do Vitória para virar ídolo do Benfica e, desde 2011, do Chelsea – já se destacava no primeiro tempo, na decisão da Copa das Confederações 2013. Boa colocação, luta, raça, muita raça. Aí David Luiz salvou a bola do jogo. Um chute do espanhol Pedro, que já tinha batido Julio Cesar. O Maracanã gritou o nome de um novo ídolo da seleção Canarinho. Como se ele fosse o autor de um gol.
D-a-v-i-d  L-u-i-z!
Gigante em campo, foi um dos heróis da maiúscula vitória do Brasil sobre La Roja.
Continue lendo

Chelsea campeão da Liga Europa.

Flâmula do dia: Chelsea

Flâmula do dia: Chelsea

Não foi propriamente um gol de placa, mas foi um gol de ouro. Gol aos 48 do segundo tempo é um balde água fria, um golpe fatal. Ivanovic, de cabeça, deu ao Chelsea a vitória contra o Benfica em Amsterdam (2×1) e o título da Europa League. Um ano depois de conquistar a prima rica, a Champions League. Continue lendo